Discussão

Metroid: desvendando o potencial cinematográfico da franquia da Nintendo

Franquia tão amada pelos fãs tem tudo o que é preciso para receber uma adaptação


Com o sucesso de Super Mario Bros. O Filme, o anúncio de um longa-metragem de The Legend of Zelda e a aquisição da Dynamo Pictures, renomeada para Nintendo Pictures Co., Ltd. pela Big N, não é difícil imaginar que cada vez mais filmes, animações e até mesmo séries baseadas nas franquias da Nintendo sejam anunciados nos próximos anos.

Entre as inúmeras franquias da Nintendo, Metroid, com sua ambientação misteriosa e diversa, lore densa e temática cheia de oportunidades a serem exploradas, está entre as que mais têm potencial para receber uma adaptação audiovisual.

A era das adaptações de games

Assim como testemunhamos um auge nas adaptações de filmes de histórias em quadrinhos de super-heróis, especialmente através do universo cinematográfico da Marvel, uma era dourada para esse tipo de produção, parece que estamos adentrando na era dos games.

Embora adaptações de jogos para o cinema existam desde pelo menos os anos 90, apenas nos últimos anos temos visto obras derivadas de games com qualidade e relevância para a indústria. Os exemplos vão desde Sonic, The Last of Us, Super Mario até a mais recente série de Fallout.


Ao contrário dos filmes baseados em histórias em quadrinhos, que acabaram saturando devido à quantidade e a repetição de padrões nas histórias adaptadas, os jogos, com sua diversidade de temas, abordagens e universos, permite que consumamos uma gama muito mais ampla de histórias e situações diferentes. Essa abrangência pode evitar que a era das adaptações de jogos caia nos mesmos erros que têm ocorrido com os super-heróis.

O sucesso das últimas adaptações de games para essas mídias já está garantindo que os jogos assumam uma presença significativa nas produções audiovisuais dos próximos anos, e a Nintendo é uma das produtoras com maior quantidade de franquias que têm potencial para serem adaptadas.

Por que Metroid merece ser adaptado?

Embora Metroid nunca tenha sido uma das franquias mais vendidas ou amplamente reconhecidas no mundo dos jogos, o recente sucesso de vendas e a premiação de Metroid Dread como o melhor jogo de ação e aventura de 2021 colocaram a franquia novamente sob os holofotes. Além disso, Metroid é uma das franquias da Nintendo com uma das melhores narrativas de fundo e lore, e apesar de toda a riqueza que existe na criação do universo de Metroid, muito pouco nos é apresentado diretamente nos jogos.


A narrativa minimalista presente na franquia principal deixa uma miríade de mistérios e oportunidades para que histórias aprofundando as relações desse universo sejam contadas. Os quase míticos Chozo, a Federação Galáctica, os piratas espaciais, as colônias humanas espalhadas pela galáxia e os diversos povos alienígenas dos quais pouco sabemos povoam o universo da franquia e têm alimentado a imaginação dos fãs por quase 40 anos; já é hora de explorarmos mais profundamente esse mundo.

Adaptações ou uma expansão do universo de Metroid, baseadas no clima obscuro que lembra muito a série de filmes Alien, de exploração e invenvestigação, ou mesmo tramas políticas, têm o potencial de criar uma experiência única.

Metroid como uma saga transmídia

Quando se fala na transposição de uma obra para outras mídias, geralmente se pensa em adaptações; no entanto, essa não é a única opção. As adaptações, como o próprio nome sugere, são traduções livres para outra mídia. Embora tentem, em geral, manter as características da fonte, elas fazem modificações que não afetam a obra original, e isso é conhecido como crossmedia, quando uma mesma narrativa é explorada por diversas mídias.

Diferentemente do crossmedia, na narrativa transmídia, conta-se uma história de forma abrangente e complementar em diversas mídias ao mesmo tempo, a partir de uma obra principal. E é exatamente aqui que Metroid poderia brilhar ainda mais.


Com diversas situações importantes na história dos jogos da franquia sendo apenas citadas superficialmente ou existindo apenas como conceitos, há muitas oportunidades para explorá-las por meio de séries, animações e até mesmo filmes, sem necessariamente interferir ou tentar modificar o cânone central dos jogos.

Algumas histórias que poderiam ser contadas dessa forma:

  • O ataque de Ridley a colônia em que Samus habitava e como ela chegou até os Chozo;
  • Seus anos como soldado da Federação Galáctica;
  • Conflitos entre a Federação e os space pirate;
  • Os eventos pós Metroid Fusion e antes de Dread;

Metroid quase teve um filme

Em 2004, a Lion Rock Productions adquiriu os direitos para a produção de um filme live-action de Metroid. O cineasta John Woo foi escolhido como diretor, enquanto Brad Foxhoven, Suzanne Zizzi e Terence Chang seriam os produtores. Mas, nunca ficou claro o motivo pelo qual a produção foi cancelada. No entanto, é possível encontrar informações sobre o excesso de controle que a Nintendo gostaria de ter sobre a produção, bem como a dificuldade de desenvolver uma história baseada nas aventuras de Samus.

Uma franquia amada pelos fãs


Apesar de não ter sido a franquia mais rentável da Nintendo, Metroid é um jogo de grande impacto na indústria dos jogos, tendo inspirado inúmeros jogos e até mesmo um novo gênero baseado em seu modelo de ação e exploração. Além disso, é muito aclamado entre os fãs, os quais, apesar dos longos períodos entre um jogo e outro, estão sempre aguardando ansiosamente e com certeza apoiarão produções audiovisuais baseadas nas aventuras de Samus. E essa é o maior motivo pelo qual Metroid merece uma adaptação, seja em filme live action ou animação, o amor e o suporte dos fãs à franquia mesmo nos seus momentos mais obscuros.

Revisão: Cristiane Amarante

Fernando Paixão Rosa, normalmente referenciado por Lorde, nascido na Zona Leste de SP, mas sempre por aí a fora. É formado Bacharel em Letras, redator na web há mais de dez anos e escritor com alguns livros publicados. Escutando música 24h/dia, é fã de cultura pop em suas muitas manifestações e mais fã ainda das IP's da Nintendo. Ocasionalmente faz lives na twitch: @lordeverso
Este texto não representa a opinião do Nintendo Blast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google