Reggie Fils-Aime apoiou Binding of Isaac: Rebirth no 3DS desde o começo

De acordo com Edmund McMillen, se dependesse somente do presidente da NoA, jogo teria chegado muito mais cedo ao 3DS.


Demorou muito tempo até que The Binding of Isaac: Rebirth (Multi) fosse confirmado para as plataformas da Nintendo. Tendo nascido como um port/ versão expandida de The Binding of Isaac: Wrath of the Lamb para o 3DS, o jogo eventualmente foi transferido para o Vita como "plataforma base" por a Nintendo não estar confortável com o conteúdo religioso do jogo.


Mas há um detalhe interessante sobre este "desconforto": Ela não partiu da Nintendo of America, historicamente responsável por limitar conteúdo religioso, principalmente na época do NES e do SNES.

De acordo com Edmund McMillen, criador de The Binding of Isaac, ainda que quem realmente agiu em prol de uma versão de The Binding of Isaac: Rebirth nos consoles da Nintendo tenha sido Dan Adelman, Reggie Fils-Aime apoiou totalmente a ideia de ter o jogo no 3DS quando ela lhe foi proposta ainda em 2012.

Felizmente, essa frescura toda, tendo partido de onde quer que seja, são águas passadas, e The Binding of Isaac: Rebirth irá finalmente ser lançado no Wii U e no New 3DS (não sendo compatível com a versão original do portátil) durante o verão do hemisfério Norte desde ano, que acontece entre o final de junho e o final de setembro.

Fonte: Destructoid
Jefferson Boldrin Cardozo é graduando em Eng. de Computação na USP. Passou a amar video games quando ganhou seu primeiro SNES com Donkey Kong Country e não parou desde então. Quando não está jogando ou em aula, pode ser encontrado no Facebook.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Ver mais

No Facebook

Ver mais