Fire Emblem x SMT (WiiU) tem um prato cheio para censura da Nintendo

Seqüência do crossover entre Fire Emblem e Shin Megami Tensei apresenta personagens do jogo fazendo ensaios fotográficos de biquínis.

Por alguma razão desconhecida o portal alemão Nintedomination conseguiu uma seqüência de jogo de Fire Emblem x Shin Megami Tensei (Wii U) que, por outra razão tão desconhecida quanto, apresenta personagens femininas do jogo fazendo uma sessão de fotos trajando biquínis.


Nesta seqüência, os protagonistas Aoi, Akagi e a jovem Oribe entram em uma loja de roupas e obtém um catálogo de mulheres em trajes de banho. Oribe, a única garota do grupo, se transforma e passa a trajar biquíni, e, em seguida, o NPC Horinozawa, um fotógrafo especializado em mulheres bonitas, aparece a fotografando em companhia de outras duas protagonistas, Eleonora e Kurono.

Em seus dois últimos lançamentos a série Fire Emblem participou de alguma polêmicas com censura etária da Big N na localização para o ocidente. No DLC de Fire Emblem: Awakening (3DS) a personagem Tharja aparecia  colocando um biquíni em uma das cutscenes, e parte da imagem foi coberta - o que, ironicamente teve o efeito oposto, aparentando que ela estivesse nua sob a cortina.

Mais recentemente, a localização de Fire Emblem: Fates (3DS) também passou por controvérsias em relação a um mini-game que deixava implícita a relação sexual entre os personagens. A mensagem de que os personagens passam a noite juntos permanece, mas o desnecessário mini-game onde o jogador participava das preliminares, sendo preciso acariciar o personagem através da tela-de-toque para aumentar o nível de relacionamento dos dois, foi retirado.

Aliado ao desenho de algumas personagens mulheres, a trajetória da série parece estar se direcionando a um aumento de sensualidade e presença de "fã-service" nesse sentido. Embora especificamente no caso este jogo, esteja mais próximo da série Shin Megami Tensei, e recebeu classificação B no Japão, recomendado para maiores de 12 anos.

O caso específico do "petting minigame" de Fates, de fato, parece válida a censura tendo em vista que fazia o jogador participar das preliminares de uma relação sexual - o jogo está classificado nas Américas como T (mais de 13 anos). Mas, no geral, o que vocês acham sobre essa tendência de aumento de sexualidade em Fire Emblem?

Lucas Palma Mistrello é historiador, mestre pela Universidade Federal de São Paulo. Redator nos Blasts desde 2012, começou com os games com o Atari 2600 e é eclético em gênero e temas: vai de COD e Medal of Honor a Pokémon e Zelda com a mesma vontade. Sempre está de olho nos comentários das postagens.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Ver mais

No Facebook

Ver mais