Blast Battle

Blast Battle: The Legend of Zelda: Oracle of Ages VS. Oracle of Seasons (GBC)

Com a aproximação da primeira atualização para o 3DS, e com isso a possibilidade de jogar alguns jogos do Game Boy Color em 3D através do eS... (por Anônimo em 28/04/2011, via Nintendo Blast)

Com a aproximação da primeira atualização para o 3DS, e com isso a possibilidade de jogar alguns jogos do Game Boy Color em 3D através do eShop, já podemos começar a pensar nos possíveis clássicos que seria bom para desfrutar dessa possibilidade. É claro que uma infinidade de excelentes títulos decorre por nossas mentes. Nada mais justo do que pensar em The Legend of Zelda: Oracle of Ages e The Legend of Zelda: Oracle of Seasons lançados em 2001 para o memorável Game Boy Color.
E mesmo que ambos os jogos sejam clássicos com duas histórias distintas, com itens mágicos exclusivos para cada versão e vários personagens, incluindo um vilão diferente para cada uma das histórias, o Blast Battle de hoje vai tentar decidir qual das duas aventuras é a melhor. Vamos lá?

1. A melhor história/roteiro

Os reinos de Labrynna e Holodrum, terras onde habitam Naryu e Din, respectivamente, os oráculos das eras e das estações, foram invadidos pelo Exército das Sombras, liderado por seus mais poderosos generais, a sacerdotisa negra Veran e o general impiedoso Onox. A Triforce, que pressente o perigo que seria se esses dois pilares elementais fossem derrubados e dominados, convoca seu mais audacioso Hylian, o Link, para impedir os nefastos planos.

Em Oracle of Ages, Link é testemunha dos poderes de Veran, que tomam o corpo de Nayru a deusa da sabedoria. E assim, a vilã sacerdotisa tem acesso ao passado, presente e futuro, moldando o tempo a seu bel-prazer, graças aos poderes da jovem Nayru.  Já em Oracle of Seasons, o general Onox sequestra Din, e com isso Holodrum sofre com as mais diversas anomalias nas estações do ano. Cabe agora ao corajoso representante da Triforçe reunir as essências do tempo (Oracle of Ages) e da natureza (Oracle of Seasons) para destruir os poderes do exército das sombras.
Pode-se perceber que ambas as histórias possuem tramas próprias e particulares. Em cada uma das histórias Link vai ter seus obstáculos e dificuldades individuais e cada um dos chefes dos calabouços de cada versão é distinto. E por mais que exista uma pequena diferença entre a dificuldade de Oracle of Seasons e o ritmo de muita ação de Oracle of Ages. É impossível comparar os roteiros de duas histórias tão bem construídas, que por mais que sejam distintas estão interligadas. Portanto, no quesito melhor história/roteiro The Legend of Zelda: Oracle of Ages e The Legend of Zelda: Oracle of Seasons ambos os jogos levam o troféu.
Oracle of Ages 1 x 1 Oracle of Seasons

2. Itens exclusivos

Sabemos que em cada novo jogo do herói de vestimentas verdes, novos itens e equipamentos são utilizados em sua aventura. E é com esses elementos que Link consegue explorar os mais temíveis calabouços e derrotar seus chefes. E em The Legend of Zelda: Oracle of Ages e The Legend of Zelda: Oracle of Seasons a situação não se diferencia, mas os elementos (itens e equipamentos) adicionados a estas tramas é um dos diferenciais do jogo.

Desta vez, Link poderá contar com ajuda até mesmo de árvores que vão conceder ao herói sementes que darão efeitos surpreendentes ou dar origem a anéis possuidores de variados poderes. Além disso, cada um dos jogos apresenta equipamentos exclusivos para cada versão, como a Luva Magnética e a Capa de Roc de Oracle of Seasons contra o Gancho e o Atirador de Sementes de Oracle of Ages. Mas o destaque especial é para os instrumentos principais que fazem jus as tramas, a Harpa das Épocas de Oracle of Ages e o Cajado das Estações de Oracle of Seasons.

A Harpa das Épocas é o instrumento que permite que Link viaje pelo tempo a fim de restaurar o controle temporal e a paz em Labrynna. Link podia explorar a variação de cenários entre o passado e o presente, entrando em calabouços e áreas inacessíveis em uma das eras.
E o Cajado das Estações permitia mudar as estações em Holodrum e Link poderia visitar áreas que só podiam ser acessadas em determinada estação. Um rio congelado no inverno fornecia o caminho necessário, enquanto as vinhas do verão serviam de escada para o herói escalar algumas paredes.
Percebe-se que tanto a Harpa das Épocas quanto o Cajado das Estações são instrumentos indispensáveis ao enredo do jogo. Contudo, a Harpa das Épocas e sua funcionalidade assemelham bastante as mudanças temporais de The Legendo ofZelda: Ocarina of Time . Portanto, pelo ineditismo causado pelo Cajado das Estações, The Legend of Zelda: Oracle of Seasons leva a melhor no quesito.
Oracle of Ages 1 x 2 Oracle of Seasons

3. Personagens

Várias figuras lendárias e famosas de outras sagas aparecem em The Legend of Zelda: Oracle of Ages e The Legend of Zelda: Oracle of Seasons, como a própria Princesa Zelda, os Zoras, os Gorons e até mesmo o vilão Ganondorf. É claro que outras figuras ilustres e inéditas esbarram com o herói, e se fazem presentes nestas duas novas sagas.

A primeira dessas personagens sãos as Deusas da Sabedoria (Nayru) e do Poder (Din), as protetoras dos Oráculos que dão nome a aventura. Enquanto, Nayru é uma cantora de voz doce e bela, Din é uma dançarina que encanta com sua juventude e beleza.
Em ambas as aventuras, Link vai poder contar com a ajuda de três simpáticos animais amistosos: Moosh, Dimitri e Ricky.  Moosh é um urso polar alado, que pode proporcionar altos passeios aéreos ao Link por cima de abismos muito longos, além de causar terremotos com o traseiro e varrer os inimigos em sua volta. Dimitri é um dodongo que pode comer os inimigos e auxiliar o herói como transporte aquático em águas profundas e até mesmo escalar cachoeiras. O canguru boxeador Ricky tem a capacidade de pular precipícios e nocautear os inimigos. Também em ambas as histórias, o herói encontrará a lendária árvore Maku, que é o guardião dos reinos de Labrynna e Holodrum.
 
Mas a principal diferença entre The Legend of Zelda: Oracle of Ages e The Legend of Zelda: Oracle of Seasons no quesito personagens é sobre os antagonistas das histórias. Enquanto o general da escuridão de Oracle of Seasons é Onox que pretende drenar o poder da Terra e deixar o mundo na escuridão, em Oracle of Ages a maligna feiticeira das Sombras Veran quer possuir Naryu e controlar o tempo.

Onox pode até parecer uma fortaleza impenetrável, com a sua intimadora armadura dourada e seu Mangual. Contudo, a batalha final contra o general não é das mais complexas. Onox possui três formas nesta batalha final, sendo a sua última forma um dragão Negro. Apenas com o uso da espada e do Cajado das Estações, Link consegue derrubar o grandalhão.

Já Veran assume cinco formas distintas, exigindo que Link precise utilizar vários de seus equipamentos (espada, atirador de sementes, bombas e o gancho) para dar fim a feiticeira das Sombras. E é exatamente por esse grau de dificuldade dessa vilã, que no quesito personagens, The Legend of Zelda: Oracle of Ages leva o troféu. 

Oracle of Ages 2 x 2 Oracle of Seasons


4. O veredito final

Portanto, entre esses dois grandes clássicos do Game Boy Color, The Legend of Zelda: Oracle of Ages e The Legend of Zelda: Oracle of Seasons, é impossível escolher o melhor. Pode acontecer, uma questão de preferência do jogador devido a familiaridades próprias entre as duas sagas.  O porquê dessa conclusão é que, como já foi dito, ambos os jogos e posteriormente seus enredos estão interligados.  A Capcom, ao desenvolver os jogos deu a oportunidade ao jogador de jogar uma das histórias, e através de uma codificação dada ao finalizá-la, é possível dar continuidade a outra trama, com um elevado número de pedaços de corações e itens extras. É como se Oracle of Ages fosse uma continuação de Oracle of Seasons, ou vice-versa.

É o melhor é que com essa possibilidade de continuação com a codificação de cada jogo é possível conhecer o verdadeiro vilão do jogo, Ganondorf, e o verdadeiro final desta aventura que foi dividida em duas grandes sagas.  Tanto The Legend of Zelda: Oracle of Ages quanto The Legend of Zelda: Oracle of Seasons são jogos que fizeram a diferença no Game Boy Color e que mereciam a oportunidade de serem jogados novamente, seja pelo sistema 3D classics ou até mesmo um remake para a nova era dos portáteis. 




Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


  1. acabei de terminar The Legend of ZeldaOracle of Ages e estou jogando The Legend of Zelda: Oracle of Seasons dois jogos impressionantes estou no terceiro templo do seasons é um jogo épico pramin + não é melhor do que the legem of zelda ocarina of time

    ResponderExcluir
  2. Quando eu comecei de ler esse Blast From the past eu apostei que ia da empate, venci!
    Eu nunca joguei Zelda Oracle of Ages/Seasons mas pretendo jogar esses e outros jogos de GBA que eu ainda não joguei , na eShop do 3DS.

    ResponderExcluir
  3. Se eu tivesse que escolher ente um e outro eu escolheria...
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    Nenhum dos dois! Nunca joguei nem Oracle of Ages nem Oracle of Seasons (nem mesmo no emulador)

    ResponderExcluir
  4. eu soh joguei o oracel of ages no meu gba....
    fiquei surpreso em saber desse extra do ganon !!!!

    ResponderExcluir
  5. Nayru, porra. Não Naryu. O meu favorito é o Oracle of Seasons, mas os dois são excelentes. Nunca consegui passar da fase final contra as duas bruxas...

    ResponderExcluir
  6. oque me da mais raiva é que certos fans se disem ser fan di zelda mas só querem saber de ocarina of time e nao deve ter jogado os outros zelda joguei do nes super gbc nintendo ds nintendo 64 game cube e só pensao em 1 jogo de zelda o ocarina of time

    ResponderExcluir
  7. @junior Cacete bicho, tive que ler o seu texto umas 3 vezes pra entender o que você tava falando, vai escrever mal assim lá na Death Mountain!
    Os dois são excelentes apesar de eu nunca ter tido tempo para finalizá-los...

    ResponderExcluir
  8. não falei um exemplo ai em cima kkkkkkk

    ResponderExcluir
  9. O que me da mais raiva é que certos fans que se dizem ser fans, quando falam de zelda, só querem saber do ocarina of time. Não devem nem ter jogado os outros da franquia, eu por exemplo joguei ToZ no NES, SNES, GBC, NDS, N64 e game cube, e esses "fans" só pensão em 1 jogo de zelda (OoT), como se de todos os The Legend of Zelda só existisse/prestasse o Ocarina of Time.

    Dei uma melhorada no que o Junior quis dizer ;D

    Acho que eu me daria melhor com o The Legend of Zelda: Oracle of Ages!

    ResponderExcluir
  10. @Felipe de Castro

    uma pequena grande observação ( pergunta), pq vc diz q a Nayru e Din sao as deusas no item "1. A melhor história/roteiro"


    certo q o mundo é imenso, e hyrule é o "centro" por isso q a triforce está lá, mas as deusas nao ficam no céu?? e nao nas terras de Labrynna/Holodrum

    pra mim, elas sao sabios(as) mas com nome diferentes(oraculos(as)), ou o msm nome do AlttP/FSA "wise" se nao me engano e tbm maiden/donzelas...

    tipo a onde eu quero chegar, pelo q vc disse, se elas fossem realmente as deusas elas nao iriam ser capturadas tão facilmente assim, nao concorda?

    levando em conta oq eu disse, elas nao vivem no céu, segundo OoT as deusas deixaram a triforce e partiram para os céus, sendo q tbm as deusas podem estar em outro planetas, galaxias e tals, tá viajei d++ agora, mas foi só um exemplo XD

    obs: zelda é a minha franquia preferida, sendo q fiz minha propria cronologia e com argumentos concretos dos games, q ligam um com o outro!!!

    obrigado ae e otimo post XD

    ResponderExcluir
  11. Ambos os jogos eram d+
    Fora q as historias se complementavam. Não dava pra jogar um sem jogar o outro =D

    ResponderExcluir
  12. @G-L1nk
    Interessante seu questionamento!
    Bem sou fã de toda saga do Link desde sua estreia no Nes! Mas confesso, que não sei todos detalhes dessa fascinante Saga.

    Mas podemos dialogar a respeito das suas perguntas!

    Quando se fala que Nayru e Din são deusas talvez se referem ao fato de serem encarnação das próprias. Devido a semelhança nos nomes, na personalidade e no simbolismo.
    Sendo elas nessas versões as oráculos do tempo e da natureza.
    Inicialmente a Capcom tinha a proposta de fazer 3 jogos que iriam se interligar. E cada uma das representantes Nayru, Din e Farore(caso existisse o jogo) iriam simbolizar o Poder, a Sabedoria e a Coragem, exatamente a Triforce.

    E particularmente não concordo com você quando vc diz que "se elas fossem realmente as deusas elas não iriam ser capturadas tão facilmente". Primeiro que se elas não fossem capturadas não iriamos ter esse enredo do jogo! Mas será que elas mesmos sabiam que eram as "encarnações" das deusas?
    E fazendo uma singela comparação, os espíritos de luz em The Legend of Zelda: Twilight Princess foram facilmente desabilitados por Zant!

    E é interessante seu questionamento já que vc é grande fá e acompanha toda a cronologia. Mas eu mesmo não sei te responder em que momento The Legend of Zelda: Oracle of Ages e The Legend of Zelda: Oracle of Seasons se passam, já que os jogos não seguem uma cronologia exato referente aos seus lançamentos. Um exemplo disso é que não temos a total certeza se "Ocarina Of Time" se passa antes de "A Link to the Past". E a própria Nintendo também não tem essa cronologia exata das histórias e fatos.

    Parabéns, pelo questionamento espero ter te ajudado. Mas como te disse eu não sei todos os detalhes. Porém, vou procurar saber mais agora!

    Abraços

    ResponderExcluir
  13. Opa opa opa, a nintendo tem sim uma cronologia de ToZ, mas infelizmente ela está restrita para apenas algumas pessoas (como o miyamoto).

    veja:
    http://www.gamevicio.com.br/i/noticias/60/60748-cronologia-em-zelda-existe-e-skyward-sword-e-anterior-a-ocarina-of-time/index.html

    PS: essa informação ja foi postada no blast...

    ResponderExcluir
  14. Como disse nem a Nintendo tem essa cronologia exata!
    Nada adianta ela ser restrita para poucos!

    ResponderExcluir
  15. Eu tô jogando OoS ultimamente, e fiquei bem feliz ao ver o título desse artigo. Só o título.

    OK, é fato que Oracle of Ages é mais voltado para os puzzles e Oracle of Ages é mais voltado para a ação característica da série. Mas teve coisa aí que poderia ser melhor aproveitada, e certos assuntos estavam vagos.

    OoS faz referências ao primeiro jogo da série, com os lugares secretos dos velhos que te dão (ou tiram) rupees, maior foco na exploração do mundo e até o próprio Level 1 - Gnarled Root Dungeon, que é quase uma réplica do Level 1 do primeiro jogo.

    Enquanto OoA faz mais referências à Ocarina of Time, com apenas os Zoras nesse jogo, mais lugares onde aparecem outras raças (Gorons e Dekus, no caso) e as próprias viagens no tempo, que são muito similares às de OoT.

    Essa Blast Battle não foi ruim, mas poderia ter sido bem melhor, e sabemos disso.
    A propósito, Din e Nayru não são deusas da Triforce, pelo menos não nesses jogos. Elas são meramente Oráculos, e seus poderes equivalem aos de um semideus, algo do tipo. É mais ou menos o caso de Links diferentes em jogos diferentes.

    E Junior, não julgue as pessoas dessa maneira, você não conhece ninguém aqui e simplesmente fez questão de que para a pessoa ser fã, tem que sair jogando tudo de Zelda que encontrar pela frente, sem nem pensar duas vezes. E isso não é ser fã. Se fosse realmente assim, eu daria a qualquer um de vocês o direito de me chamar - ou xingar, para os mais ignorantes/arrogantes - de Sonysta agora mesmo.
    Fale o que quer, escute o que não quer. Lembre-se bem desse ditado.

    ResponderExcluir
  16. Francamente, eu particularmente prefiro o oracle of seasons, apesar de o enredo do oracle of ages ser mehor, ter muito mais puzzles, aquela goron dance é cruel, eu considero aquela um dos mini games mais difíceis da série, na primeira vez que eu tive que fazer esse mini-game pra conseguir a Mermaid Key eu consegui gastar mais que os 999 rupees, eu tinha o máximo perdi e tive de conseguir mais, ritmo não é o meu forte, mas a subrosian dance nunca tive problemas acho muito facil até. Fora que Roc's Cape é muito melhor que a Roc's Feather, apesar de eu gostar muito da inovação com o Mermaid Suit e a utilidade do Cane of Somaria, mesmo assim, aquela Goron Dance me traumatizou.

    ResponderExcluir
  17. @Felipe de Castro

    vlw ae pela explicação, o fato das oraculos serem reencarnações das deusas mas elas nao sabem disso, --- belo argumento ae cara, pois como vc disse ae do 3° game a oracula Farore( se existisse msm ) esse 3° game poderia explicar tudo ai... uma coisa interessante seria como eu disse referente ao OoT "as deusas deixaram a triforce e partiram para os céus" e com o passar dos anos, ate chegar a época dos games oracles, as deusas cansaram de ficar lá no céu só olhando o mundo delas sendo destruido pelas trevas (ganon, zant,majoras...) e entao elas decidiram fazer uma alma(pessoa) de si msm e q ficasse na terra q elas criaram ( um ex: disse é oq se diz na religiao sobre o espirito santo q concebeu a maria o seu filho)...

    vendo por esse lado... é bem mais facil de entender... "elas deram um pouco de suas almas as pessoas q iriam se tornar as oraculos".... juntando tudo oq foi dito... delas ficarem no céu e quiserem passar um tempo na terra.. e as reencarnaçoes nao sabem de nada..


    outra coisa imposrtante ae e oq eu queria dizer, mas está mais completo aqui :

    @Ness_64
    "A propósito, Din e Nayru não são deusas da Triforce, pelo menos não nesses jogos. Elas são meramente Oráculos, e seus poderes equivalem aos de um semideus, algo do tipo."


    isso ae q eu quis dizer, e comparando ao q vc disse @Felipe de Castro sobre o zant e os espiritos da luz...

    seria a msm coisa ae... ganondorf está se tornando um semi-deus... pois ele ficou muito mais forte no twilight realm e deu até seus poderes para o zant..

    pra qm tem orkut ae, entra nessa comunidade e vê minha cronologia ae Zelda sem divisões!!:
    http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=12861184

    e Felipe respondendo ae a ordem q os oraculos se encaixam, pra mim é depois do ST e antes do MC...

    ResponderExcluir
  18. @Ness_64

    cara... vc chegou a ver a minha cronologia ae no forum do site zelda.com.br ela está na parte de teoria de linha de tempo unica, meu nick lá está como Gui-Link...

    e pra qm nao tem orkut ae e quiser ver tbm a cronologia, pode ir ae no forum do site zelda, e em breve tbm colocarei um video aqui sobre o minha cronologia, é pq falta eu ainda terminar algumas imagens ^^ XD

    ResponderExcluir
  19. mals pelo post triplo, mas me empolguei agora ^^ XD

    @Felipe de Castro
    respondendo ae sobre a ordem cronologica dos games oraculos ( de novo) vejamos o video em 3 dimensões dos games oracles, considerando q seja assim ST -> OoS/OoA -> MC, vc pode ver ae a ampulheta no video será a msm do game PH,

    pois pense bem a Ocarina, Ampulheta e a Harpa(OoA) tem o poder do tempo (viajar) e esse video ae prova muito ou nao, q os oraculos podem vir entre esses games q citei aii ^^ XD

    ResponderExcluir
  20. @G-L1nK
    Eu me inscrevi naquele fórum esses dias, mas me esqueci disso. Bem, você deve ter visto a cronologia que eu acredito que seja, que eu postei lá. Em minha opinião, aquela é a que mais faz sentido.
    http://www.zelda.com.br/forum/viewtopic.php?f=24&t=25174&start=14
    Desçam até me achar ali .-.

    ResponderExcluir
  21. Eu amava o Oracle of Ages, era perfeito, e tinha os personagens de Zelda Ocarina of Time/Masjora's Mask (sério!!!!)
    eu comprei o oracle of seasons logo em seguida, mas infelizmente o jogo não passava da tela inicial.
    Nota 10 pra todos!

    ResponderExcluir
  22. ESSES DOIS JOGOS MARCARAM A MINHA VIDA!

    MEU SONHO É UM DIA VER UM REMAKE DECENTE DESSES DOIS JOGOS PARA O NINTENDO 3DS. AMÉM

    ResponderExcluir
  23. Por razões de nostalgia, o Oracle of Ages vai ser minha escolha de primeira.

    ResponderExcluir

Disqus
Facebook
Google