Perfil

Perfil: Billy Coen (Resident Evil)

Moreno de aproximadamente 1,75m de altura, corpo escultural, cabelos longos, tatuado e bonitão, Billy é um cara de poucas palavras. Bem rese... (por Joice Koga em 24/05/2012, via Nintendo Blast)

Billy-Coen-nblastMoreno de aproximadamente 1,75m de altura, corpo escultural, cabelos longos, tatuado e bonitão, Billy é um cara de poucas palavras. Bem reservado, irônico e, as vezes, egoísta, ele demonstra possuir um certo instinto protetor, não só na sua tatuagem do braço direito, com os dizeres “Mother Love”, mas, também, nas diversas vezes que salvou a vida da jovem Rebecca. Talvez tenha um gênio forte por ser ex tenente da marinha.

Billy Coen não é um personagem fixo nos jogos da série, aparece apenas em Resident Evil Zero e reaparece em Resident Evil: The Umbrella Chronicles, no mesmo papel e na mesma historia de sua estréia em 1998, na qual tinha 26 anos de idade.

Condenado a pena de morte

Billy-Coen-nblast-3

O grupo de fuzileiros navais, conhecidos como U.S. Marine Corps (USMC) foi escalado para uma missão na África: invadir a área que era utilizada como campo de treinamento para terroristas. No entanto, para chegar a este local, foram obrigados a percorrer um caminho cercado por inimigos. No final, os soldados feridos acabaram falecendo lentamente, por conta do ambiente quente e a falta de cuidado nos ferimentos, restando apenas Billy e mais três parceiros.

As mortes dos soldados poderiam ter servido para algo de bom senso, se não fosse por um detalhe: a base que o USMC iria invadir, não era de guerrilheiros, mas sim de civis. Isto foi uma verdadeira bomba sobre o grupo que, inconformado com a perda em vão dos colegas, os sobreviventes resolve atacar o vilarejo de inocentes. No entanto, Billy se recusa a massacrar aquele povoado e, por isso, é acusado por seus colegas de ter assassinado sozinho os 23 civis africanos. Voltando aos Estados Unidos, o comandante Samuel Regan do Dunell Marine Base levou-o até a corte marcial, onde foi condenado a morte.


Destino?

Billy-Coen-nblast-2

Escoltado por dois oficiais, Billy é levado para a base Regarthon, local onde seria executado. Acontece que o jipe que o transportava é atacado no caminho, em Arklay Forest para ser mais exato, por alguns cerberus. Na emboscada, os dois guardas acabam sendo mortos, já o ex 2º Tenente da Marinha dos Estados Unidos, teve mais sorte: por destino ou não, conseguiu soltar um dos lados da algema que o prendia e correu à procura de algum local mais seguro. Em seu percurso encontra o trem, que está parado na floresta, já consumido pelas sanguessugas mutantes.


A dupla imbatível

Billy-Coen-nblast-6

Após um pouso forçado, o helicóptero da equipe Bravo do S.T.A.R.S. fica no meio da floresta de Raccoon City. Entre eles está Rebecca Chambers, a médica novata do esquadrão. Logo após o incidente, ela já encontra os cadáveres dos dois policiais e é avisada de que um perigoso assassino está solto na floresta e, caso o encontre, prenda-o ou o mate.

Os dois se encontram no Ecliptic Express, o rapaz, já sabendo da difícil missão de sair de lá com vida (pelo menos sem ser morto-vivo), pede para que ela trabalhe em parceria com ele, pois, assim, seria mais fácil enfrentar o batalhão de monstros que os esperavam, já que, se ficassem separados, cada um por si, seria praticamente impossível sobreviver. Coen já havia salvado a vida da moça e, por este motivo, ela fica na duvida se o prendia ou se juntava a ele.

Rebecca segue seus instintos e fecha acordo com o valentão, ajudando-o e, aos poucos, aprendem a confiar um no outro. Juntos enfrentam criaturas de vários tipos e, aos poucos, vão desvendando os segredos da Umbrella Corporation do Dr. James e a origem dos zumbis.

O outro lado de Billy Coen

Billy-Coen-nblast-4

Coen, mesmo aparentando ser frio, valentão e egoísta, tem o seu lado sentimental: ele não suporta a idéia de ver inocentes morrendo. Por isso, fez questão de destruir até o último chefão do Centro de Treinamento da Umbrella. Apesar de ser um bom soldado de punhos fortes, também tem seu lado sensível, afinal, até piano o marmanjo sabe tocar!

A “garotinha” Rebecca Chambers, após toda a aventura que teve durante e depois do descarrilamento do trem, pergunta para Billy se ele realmente matou todas aquelas pessoas. Ele conta sua versão, mas não desmente e nem confirma nada. Então, por conta própria ela chega a conclusão de que o rapaz não é um assassino como todos pensam e o deixa fugir para que possa ter uma segunda chance, mesmo que escondido no meio das florestas. A jovem pega a placa de identificação dele e diz que falará para todos, que ele morreu junto com os policias que o transportava, já que nenhum outro S.T.A.R.S. que estava no local conseguiu sobreviver para desmenti-la.

Há rumores de que ele ainda possa voltar para algum outro jogo da série, mas que, por enquanto, não passam de rumores, já que ainda não se sabe quando e como isso ocorrerá.

Boletim extra

Nblast_Billy_Rebecca Ele foi citado uma última vez num documento de Resident Evil 2, onde a Rebecca confirma sua morte (uma farsa que ela prometeu a ele no fim de RE0), dizendo que o corpo do 2º Tenente  Billy Coen (escrito erroneamente como “Koen”) foi encontrado no local do acidente com os policiais que o transportavam, mas seu corpo nunca foi resgatado. Interessante é que: o time dela sofreu um ataque (o que é estranhamente paradoxal, pois RE2 saiu antes de RE0 e da existência de Billy na serie (obviamente por já estarem desenvolvendo RE0 para o N64). O nome do arquivo é Rebecca’s Report.

Coen aparece em apenas dois jogos da série e tenho certeza que o personagem de gênio forte acabou tornando-se exclusivo e muito querido entre os jogadores, principalmente os que tiveram a oportunidade de controla-lo durante os dois jogos em que participou. Agora o que nos resta é esperar para que tenhamos alguma notícia de seu paradeiro ou que ele apareça em outro jogo.

Revisão: Thyago Coimbra Cabral


Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google