Fire Emblem: Awakening poderia ser o último da série caso vendas não fossem satisfatórias

Hoje o tradicional site espanhol especializado em Fire Emblem, Fire Emblem: Wars of Dragons, divulgou uma entrevista feita o mês passado ... (por Lucas Palma Mistrello em 23/05/2013, via Nintendo Blast)


Hoje o tradicional site espanhol especializado em Fire Emblem, Fire Emblem: Wars of Dragons, divulgou uma entrevista feita o mês passado pela revista da Hobby Consolas, também da Espanha, com os desenvolvedores de Fire Emblem: Awakening. Na entrevista foi feita a seguinte pergunta: "Fire Emblem já é uma série com muitos anos de vida, você tem a sensação que fica cada vez mais difícil lançar um jogo novo?", a resposta de Hitoshi Yamagami, um dos diretores do Grupo 1 da Nintendo EAD, e veterano na equipe desde o NES, sendo um dos desenvolvedores de Famicom Wars (posteriormente renomeada Advance Wars) foi chocante:
"Sem dúvida. Na verdade, as vendas estavam caindo. O gerente de vendas da Nintendo, o senhor [Shinji] Hatano, havia nos dito que este poderia ser o último Fire Emblem. Devido a essa queda constante, nos disseram que se as vendas deste título ficassem abaixo de 250.000 cópias, deixaríamos de trabalhar na saga. Lembro-me que quando voltei da reunião pensei: 'Meu Deus! O que vamos fazer? Chegou ao fim!' Nossa reação foi clara e direta: se este será o último Fire Emblem, devemos colocar nele tudo que sempre quisemos colocar! E assim que nasceu este novo projeto."

Felizmente Fire Emblem: Awakening quase conseguiu bater este número na própria semana de lançamento, quando vendeu 242.600 unidades no Japão, em Abril de 2012. A última vez que apareceu na lista dos mais vendidos, no final de junho do ano passado, já haviam sido comercializadas 417 mil cópias, e estima-se que atualmente esteja na casa de 500 mil na terra do sol nascente. Por aqui, no ocidente, o jogo vendeu bem e apareceu na listas dos mais vendidos nos EUA em fevereiro e no Reino Unido no mês passado.


Fire Emblem: Awakening, o 13º jogo da série, foi universalmente aclamado pela crítica e pelo público, e é o jogo nativo do 3DS mais bem avaliado no MetaCritic, portal que agrega várias análises, por ambos os públicos e recebeu no Nintendo Blast a nota 9,0. O próximo jogo da série será um crossover com o universo de Shin Megami Tensei, em desenvolvimento para o Wii U, ainda sem data de lançamento.

Lucas Palma Mistrello é historiador, mestre pela Universidade Federal de São Paulo. Redator nos Blasts desde 2012, começou com os games com o Atari 2600 e é eclético em gênero e temas: vai de COD e Medal of Honor a Pokémon e Zelda com a mesma vontade. Sempre está de olho nos comentários das postagens.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook