Pokémon Blast

Usar estratégias repetidas ou copiadas não te torna um bom treinador Pokémon

Há pouco mais de um mês que os novos jogos da franquia Pokémon foram lançados e introduziram uma nova geração com diversas mudanças nas me... (por Unknown em 26/11/2013, via Nintendo Blast)

Há pouco mais de um mês que os novos jogos da franquia Pokémon foram lançados e introduziram uma nova geração com diversas mudanças nas mecânicas do jogo. Nessa situação, é comum que treinadores menos experientes fiquem perdidos sobre quais Pokémon usar e como. Então, há dois caminhos: estudar o potencial dos novos Pokémon e as mudanças nos antigos ou recorrer aos sites e fóruns com temática dos monstrinhos de bolso em busca de estratégias prontas. Infelizmente, muitas pessoas seguem pelo segundo caminho, e é sobre isso que falaremos hoje.

Não, ele não é Uber 

Algumas pessoas deixam de jogar videogames por diversão e passam a levar isso mais a sério. E é isso que chamamos de "cenário competitivo": fóruns e sites discutindo estratégias, torneios e competições. Apesar de algumas pessoas em X/Y serem exclusivamente Pokémon Breeder, Fisher ou qualquer outra "profissão", é evidente que o jogo sempre dá mais destaque para o Pokémon Trainer. As batalhas são o coração do jogo e é esse elemento multiplayer que tem mantido a franquia tão viva por quase vinte anos.

Então, muitas pessoas breedam, buscam itens, estudam batalhas e começam a batalhar sério em competições oficiais ou torneios locais. O certo é aprender mais e mais a cada batalha, fazendo uma breve análise de seu potencial, onde você errou, como errou e onde pode melhorar. Há, no entanto, aqueles com a  ideia retrógrada que se aquele Pokémon venceu, ele é muito forte e está acima do comum. Diversas comunidades (como Smogon) fazem testes e mais testes para avaliar qual Pokémon se encaixa em qual tier (lista de classificação do potencial, como existe no cenário competitivo de outros jogos, por exemplo Street Fighter IV). E não é com base em "uma" batalha que decidem isso. Mas o ego de algumas pessoas sempre fala mais alto, pessoas que pensam ser "o patamar" das batalhas Pokémon, e que se um determinado Pokémon o derrotou com facilidade, então ele deve ser banido por ser muito forte. É assim que ouço muitas reclamações sobre alguns Megas atualmente.

Não, não é porque vocês “levam uma surra” de um Pokémon em uma ocasião especial que ele deve banido para todo o sempre. Pode ser que em outra ocasião, em outra batalha, ele não apresente tanto perigo. Mas se você continuar tendo problemas com o mesmo Pokémon, que tal avaliar as fraquezas de seu time e repensar algumas estratégias? Pois é, esse é o feedback que eu disse lá no começo: fazer uma auto-avaliação após cada batalha sobre como e onde você pode melhorar. Sem esse feedback pessoal, sem reconhecer que não é "o melhor treinador de todos os tempos", não haverá evolução. As pessoas param de evoluir quando pensam que estão no topo e não tem mais o que aprender, isso é horrível.

Popularidade e habilidade não andam sempre juntas

Se você é um treinador habilidoso, você tem a capacidade de avaliar o potencial de qualquer Pokémon e conseguir usá-lo em uma batalha. Sim, qualquer um. Pensem que aqueles que desenvolveram o jogo (não apenas Pokémon, qualquer jogo), não criaram um personagem (ou Pokémon) para ser um “lixo”. Ele tem alguma qualidade, tem algum potencial, basta ser explorado da forma correta. Claro que um Dunsparce pode ter dificuldades contra um Aggron, mas ele consegue ser problema para outros Pokémon. E se seu Dunsparce não leva o Aggron? Troque de Pokémon, oras. A batalha não é 1x1, é tolice forçar isso. Se você tem uma equipe de seis Pokémon, use-os. É horrível em fóruns pessoas falando que tal Pokémon é fraco ou perde pra isso, isso e isso, sem avaliar o resto da equipe. Ao mesmo tempo que todo Pokémon tem enorme potencial, nenhum Pokémon consegue ser poderoso o suficiente para derrotar todos os mais de 700 monstrinhos sem dificuldades. E desses 718, você escolhe seis. Esses são seus recursos. Quem usar melhor seus recursos, vence.

Logo, há alguns Pokémon que se tornam muito populares em batalhas, pois alguém tomou uma surra de um desses e "copiou" seu moveset e estratégia. Ou ao menos tentam. Se você não criou a estratégia, dificilmente você conseguirá usar todo o potencial dela. Uma cópia é sempre uma cópia (lembrei do Hatake Kakashi agora, mas ele é um bom copiador). Claro que não é possível cada pessoa criar uma estratégia exclusiva para cada Pokémon que for usar, mas o que falo é não se prender ao "popular". Isso acaba por ser uma desvantagem. Por exemplo, ao encontrar um Talonflame, Gengar, Klefki ou Scizor, já temos uma ideia de quais golpes eles possuem e sabemos muito bem quais golpes eles aguentam e quais não. Isso por ter enfrentado eles tantas e tantas vezes. É aquela ideia de que "quantidade não é qualidade". Eles podem ser bons, mas vocês conseguem derrubar eles mais fácil que, sei lá, um Camerupt, por muitos não saberem que tipo de golpes um Camerupt aguenta ou quanto dano ele pode causar.

Um bom exemplo é essa batalha. Coloquem o código em seus Vs. Recorder.
TTGW-WWWW-WWW3-9NWV
Como podem ver, eu comecei com um Pokémon que tem fraqueza para electric-type moves. Considerando que Jolteon tem uma boa speed, é evidente que ele atacará antes de meu Pokémon. Ele parece uma isca fácil e saborosa, e nisso a oponente não usou a cabeça. Será que não estava fácil demais? E se eu virasse um Mega Charizard X, sendo dragon-type, o Thunderbolt seria reduzido ou eu poderia trocar para um ground-type ali e ter uma troca segura. Aparentemente, ela não cogitou essas possibilidades e fez a escolha mais obvia possível: usar o Thunderbolt. Prevendo que ela poderia ser tola a esse ponto, enviei meu Electivire. Dependendo do golpe que ela usasse, eu já poderia avaliar o potencial dela em batalha. Para minha infelicidade, ela foi pelo caminho obvio, ajudou meu Electivire e... a batalha acabou. Ela errou no primeiro movimento, e isso custou caro. Como podem ver, Talonflame e Scizor estão entre os mais populares em fóruns pela internet, mas ambos ataques dela não foram efetivos contra meu Electivire, todo o time dela foi anulado por um único Pokémon.

Nesse ponto, ela aparentemente juntou Pokémon bem populares no mesmo lugar e fim. Ela não pensou na harmonia deles como equipe, apenas como funcionariam individualmente. E como disse antes: batalhas Pokémon não são 1x1 (exceto em casos especiais).

Agora vejam como um time "fora do comum" teve mais sucesso:
YZBW-WWWW-WWW3-9N2T
Tive de usar King's Shield contra o Slowbro pois realmente não sabia o que esperar dele.

Começando errado

Eu poderia ficar o dia inteiro escrevendo sobre isso e aquilo, mas eu não sou "um mestre das batalhas". Ainda estou aprendendo a cada oportunidade que tenho de batalhar. Mesmo que faça isso há pouco mais de dez anos.

Ao montar um moveset e estratégia para o Pokémon, eu vejo muitas pessoas pensando coisas como: "Bem, meu Lapras tem fraqueza pra fighting-type, então vou colocar Psychic nele" - e isso me deixa incomodado. Vocês não devem elaborar um moveset com base nas fraquezas de seus Pokémon sempre. Preocupem-se em bater sempre "Super Effective" ou ao menos um dano neutro. Voltando ao Lapras, o que ele aprende por STAB (same type attack bonus, bônus pelo mesmo tipo)? Surf? Certo, vamos colocar Surf. Ah, mas Surf bate reduzido em grass-type e dragon-type. Muitos podem pensar "grass tudo bem, vou usar Ice Beam com STAB, mas dane-se o dragon-type, não tenho fraqueza". Certo, manjador, e quando você enfrentar um Kingdra? Seu Surf não causará quase nada de dano pela resistência dupla, o Ice Beam pode causar um dano "neutro" ao menos. Minha escolha é Freeze-Dry (egg move pelo Aurorus) por cobrir a deficiência ofensiva de Surf e não apenas pegar dragon-type e grass-type, mas também water-type (tenham bons sonhos, Ludicolo e Kingdra). Assim podemos abrir mão do Thunderbolt, pois Freeze-Dry bate com STAB em water-type e flying-type.

Outro ponto, por exemplo, é Pyroar se preocupando com Hidden Power Grass pra bater em Rock, Ground e Water pois são tipos que batem efetivo em Fire. Não, por favor. Earthquake e Rock Slide são aprendidos por muitos Pokémon, especialmente fighting-type como Machamp. Então, você encontra um Hawlucha (que é mais rápido que o Pyroar): o Hidden Power Grass não é muito efetivo, e ele pode dar um Flying Press, dano dobrado pela fraqueza de Pyroar (Normal/Fire) com STAB. E aí? O mesmo para um Ninetales com Flamethrower e Solar Beam se aproveitando do Drought: o que ele fará contra um dragon-type com Earthquake? Por exemplo, Salamence ou Dragonite.

O que quero passar é: não coloquem golpes em seus Pokémon pensando nas fraquezas deles, pois dificilmente vocês encontrarão um grass-type por aí; ataques poison e psychic não batem efetivos em muitos tipos, etc. Pensem no potencial ofensivo de seus ataques: vocês conseguem bater super efetivo ou ao menos dano neutro em todos os tipos? Se sim, ótimo. Se não, é bom repensar isso aí.

É claro, deve-se considerar também a combinação de tipos dos Pokémon mais populares atualmente como Aegislash, Gengar, Blaziken, Scizor, Klefki, Azumarill. É bom ter pelo menos um golpe que cause dano efetivo contra esses e outros mais vistos por aí.
Participem de fóruns, comunidades, sites, façam amizades, assistam batalhas, discutam estratégias, e aceitem que aquela estratégia que você montou pode não ser perfeita. Nesse hora, não esqueçam que ainda existem outros cinco Pokémon em sua equipe e eles devem trabalhar para cobrir as deficiências um dos outros. Lembrem-se: quando alguém pensa que já sabe tudo e é o melhor, ele para de evoluir e consequentemente terá mais fracasso do que vitórias em seu histórico de batalhas Pokémon.

Ask Me-owth


Aqui estamos mais uma vez. Como foi o fim de semana de vocês? Junto da equipe GameBlast eu estive no Nintendo Showcase para o lançamento do Wii U. E vocês sabiam que a Luciana Anselmo (sim, aquela do Blast Up) tem medo de pessoas vestidas como bonecos? Sim, ela morria de medo quando passavam aquelas pessoas vestidas de Luigi, Mario ou Donkey Kong, e logo se escondia atrás de alguém. Claro que como "a zoeira não tem limites", fiz o Luigi abraçar ela, já que ela queria tanto uma plushie de Luigi e ficou horas falando pra eu vencer o torneio de Pokémon e pegar a plushie (e no fim, a plushie prêmio era de Koopa). Não gosta tanto do Luigi? Então precisa ser abraçada por ele, mesmo que seja a versão assustadora. Ah, conhecemos Michael Amortegui e Bernard Guzmán-Blanco, gerentes de marketing da Nintendo Latin America, e vocês podem conferir a entrevista exclusiva que Luciana fez com Michael (ou Mike!). Tivemos a oportunidade de testar The Legend of Zelda: A Link Between Worlds (3DS) e Super Mario 3D World (Wii U) no dia do lançamento, e ambos já estão disponíveis na Geekverse! Charles Martinet (que fez uma dedicatória no meu cartucho de Super Mario 64) também estava lá, mas os detalhes vocês conferem na matéria de Fellipe Camarossi, com fotos por Bruno Seixas.

Hm, eu escolhi o nome para Mandibuzz com base em uma sugestão de vocês, mas não falarei qual é o nome para não chatear ninguém por não ter o apelido escolhido. Mas bem, quem sabe em algum evento por aí vocês não me encontram usando ela e descobrem o apelido escolhido? Vejo que muitas pessoas ainda ficaram com duvidas sobre breeding, mas isso é comum: há muita coisa que vocês pegam na prática, não apenas teoria. Comecem a fazer o breeding enquanto leem e terão resultado. Só ler não adianta. Essa é minha singela opinião, como diria Edgley.
Julio Kolb: Se vc tivesse escrito em grego, não faria diferença alguma pra mim. Triste realidade de um noob com seu primeiro pokémon.
Sheen: Como disse, apenas ler não adianta. Tente fazer o que citei lá: busque os Dittos, pense em um Pokémon, comece a cruzar. Basta substituir o exemplo da Vullaby por um Pokémon de seu gosto.
Gabriel Nagib: Eu to tentando breedar um mawile com 5IV's mas tá dificil, to com um macho de 4 IVs e uma fêmea com 3 no day care, mas só nascem machos com 4 IV's, as fêmeas sempre veem com 3IVs ou menos. Isso faz sentido ou foi puro azar mesmo?
Sheen: Gabriel, depende de onde são esses IVs. Se não me engano, a chance de um IV aleatório (sem ser herdado) vir 31 é cerca de 0,07%. O que é garantido é que o filhote pode pegar os IVs dos pais. Se a fêmea que tem 3 IVs 31 são IVs que o pai já possui, 4 IVs é o máximo que você conseguirá "facilmente" mesmo. É por isso que Dittos capturados em Safari facilitam tanto. Cite quais são os IVs 31 e podemos orientar melhor.
Flavio Aleph: E, Sheen, eu tenho uma duvida.... Eu sou um treinador novato,vou comprar Pokemón X (Bastante atrasado :p ). Mas jogando com meu primo eu vi que ele tinha dois Charmeleon (Um inicial e outro por GTS). Tinha o mesmo nível, o 30. Mas um era Adamant e o outro era Brave e os stats eram diferentes em alguns pontos. Já que você vai falar de Natures na próxima semana adoraria que você explicasse melhor.
Sheen: Nesse caso não é apenas a nature que muda, mas também os IVs e Efforts. Basicamente, a nature aumenta um atributo em 10% e reduz outro em 10%. No caso de Brave, aumenta Attack e reduz Speed. No caso de Adamant, aumenta Attack e reduz Special Attack. Esse é o potencial do Pokémon: mesmo que ambos os Charmeleon tenham IV 31 (o máximo) em Special Attack, aquele que é Brave terá mais Special Attack que aquele que é Adamant (pois é reduzido 10% do limite comum). IV (Individual Value) é um valor oculto pra cada atributo (stat) que vai de 0 a 31. Ele não pode ser modificado, ele nasce com o Pokémon (como um DNA) e você pode verificar isso com o Judge no Pokémon Center de Kiloude City. Quanto mais IVs 31 um Pokémon tiver, melhor, pois ele terá o valor máximo daquele atributo. Entretanto, poucos Pokémon precisam ter 6 IVs 31, a maioria apenas 5 IVs 31 está ótimo, e há casos que apenas 4 ou até mesmo 3. Wobbuffet, por exemplo, precisa apenas de HP, Defense e Special Defense, pois os outros atributos ele não usa. Sobre Efforts (esforço), é uma pontuação que você ganha ao derrotar um Pokémon ou terminar os minigames do Super Training. Cada Pokémon pode ter até 510 EPs (Effort Points) e cada atributo pode ter até 252 pontos. A cada 4 pontos de esforço, seu Pokémon aumenta um ponto. Por exemplo, um Charmeleon Lv30 com IV31 em Special Attack (e uma nature que não aumente ou reduza esse atributo) tem 62 Sp. Atk. Você usa Rare Candy nele, ele vai pro Lv31 e fica com 64 Sp. Atk. Se você treinou um pouco de effort em Sp. Atk, 28 pontos, quando ele upar pro Lv31, ele terá 66 Sp. Atk. Essa diferença é pequena, apenas 4 pontos por ele estar no Lv30~31, mas no Lv100 são 7 pontos de diferença (quase o dobro). E isso são 28 pontos de effort, a diferença em investir 252 pontos é absurdamente maior. Por essa razão Pokémon upados no Day-Care ou por Rare Candy são mais fracos em atributos, mesmo estando no Lv100. Então, em resumo, os atributos dos dois Charmeleon pode ser diferente não apenas por causa da nature. No mais, perceba que os atributos tem nome em vermelho e azul. Em vermelho é aquele que é aumentado 10%, em azul aquele que é reduzido. Caso não tenha nenhum atributo com nome colorido, é uma nature neutra. Existem 25 natures, 5 delas são neutras: Bashful, Docile, Quirky, Hardy e Serious.
Guilherme Pivetta: Desculpe a minha nobice mas o q é Hidden Abillity?
Sheen: Os Pokémon têm Standard Abilities e Hidden Abilities. O primeiro caso é a Ability comum, aquela que o Pokémon sempre teve e é mais simples de encontrar. O segundo caso são as abilities especiais que até Black2/White2 eram obtidas apenas no Dream World ou eventos. Agora você pode encontrar Pokémon com essas abilities em hordas ou Friend Safari. Elas são mais raras e geralmente (não sempre) melhores que as comuns. Me lembrem de fazer uma lista com todas as abilities e explicando elas.
Andre Cristiano: Como faço para passar a Hidden ability para os filhotes?
Sheen: Antigamente apenas a mãe passava Hidden Ability, mas agora em X/Y, o pai também pode passar (apesar de uma chance menor). Basta fazer ovos da maneira simples, a mãe tem cerca de 60% de chance de passar, o pai cerca de 20% (e pode somar pra 80% se ambos tem Hidden Ability). Não tem segredo.

Ricarlly Brendow: gostaria de saber se só treinando no super training dá pra conseguir todos os evs, ao invés de batalhar com pokémons específicos

Sheen: Sim, ainda é possível treinar effort da maneira tradicional, isso pode ser bem rápido se você tiver os itens de effort (Battle Maison) e Pokérus. Eu, pessoalmente, prefiro o Super Training. Apesar de ser meio cansativo algumas vezes, é possível effortar os 510 pontos em questão de duas horas. Ou até treinar dois Pokémon ao mesmo tempo e fazer isso em umas três horas.

Curiosidade da semana

Semana passada falamos sobre algumas coisas que não estão escritas na descrição dos golpes. Como o dano da confusão que é calculado na diferença entre Attack e Defense do alvo e sobre Roost remover o flying-type do usuário até o fim do turno. É válido citar também que alguns golpes acertam oponentes durante Dig ou Fly e mais: causam dano dobrado! Um exemplo é Earthquake que causa dano dobrado se o oponente estar escondido no turno de Dig. Ou Thunder, Hurricane e Twister que nunca erram o oponente no turno do Fly, Bounce ou Sky Drop. Por fim, tem também o Rollout que tem seu dano aumentado por Defense Curl: vocês podem usar Defense Curl com seu Shuckle, Power Trick (inverter atributos ofensivos por defensivos), e eliminar um time inteiro com Rollout. Esse é apenas um exemplo, claro, um Shuckle com Shell Smash e Contrary é muito mais eficiente.


Revisão: Alan Murilo
Capa: Rafael Lam

Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.
Este texto não representa a opinião do Nintendo Blast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.