Jogamos

Análise: Naruto: Ultimate Ninja Storm Trilogy (Switch) te leva para o mundo shinobi com batalhas frenéticas

Agora você pode ser um shinobi na plataforma da Nintendo com direito a todos os jutsus, porém, até a quarta grande guerra ninja.


A franquia Naruto: Ultimate Ninja Storm foi lançada inicialmente para o PlayStation 3 em 4 de novembro de 2008, desenvolvido pela CyberConnect2 e publicada pela Bandai Namco Entertainment. Fazendo sucesso com suas mecânicas voltadas ao estilo ninja do famoso anime, o jogo agora é lançado pela primeira vez em uma plataforma da Nintendo. Confira agora o que achamos do game.

O mundo Shinobi continua lindo!

Quem já jogou os três títulos sabe que os jogos te levam para participar da história dos animes Naruto e Naruto: Shippuden com algumas pequenas mudanças que o enredo permite, mas sem alterar a história original. Com diversas batalhas emocionantes e visual cel-shaded, que simula o anime — as lutas cinematográficas dão um charme à parte utilizando Quick Time Events (QTE).



Naruto: Ninja Storm te colocará na pele do protagonista Naruto, desde a época que se tornou um genin — menor patente ninja — até sua batalha contra Sasuke Uchiha — seu melhor amigo — finalizando a saga da infância dos dois. O visual está praticamente o mesmo, com pequenas mudanças na resolução, rodando a 900p por segundo no dock e 540p no modo portátil, ambos a 30fps para os três jogos. Algo que não posso esquecer de mencionar são as telas de carregamento incrivelmente rápidas: dois a três segundos são suficientes para começar uma batalha. O modo campanha é um pouco confuso e lento, obrigando o jogador a fazer missões com ranks para receber pontos de experiência que são utilizados para desbloquear as missões principais do modo história.
Menu de missões de Naruto Ultimate Ninja Storm
Já o segundo e o terceiro título possuem um sistema similar para as campanhas, com viagens pelo mundo shinobi e missões que cabe a você aceitá-las ou não, deixando o jogador livre para seguir apenas as missões principais que permitem o desfecho da campanha. As cenas cinematográficas estão lá, assim como os QTEs e batalhas intensas. Poucas quedas de frames são vistas, tanto nas batalhas quanto na história. O que mais me incomodou foi o filtro utilizado nas cenas de Storm 2, deixando uma impressão de neblina. O modo portátil não fica tão bonito quanto o game pode ser, com alguns serrilhados ficando bem visíveis, mas ainda bem agradável. Aliás, posso dizer que o jogo envelheceu muito bem. A trilha sonora continua a mesma, baseada no anime e dando profundidade ao enredo do jogo, nada muito primoroso.
Deve estar bem frio com toda essa neblina

Ué, cadê os títulos atuais?

Desde o seu primeiro lançamento no PS3, vários títulos da franquia foram lançados, como Naruto: Ultimate Ninja Storm Revolution e os mais atuais: Ultimate Ninja Storm 4 e Road to Boruto, jogos que saíram em um bundle mais completo para o PS4, XBO e PC chamado Legacy, deixando o Switch de fora. Entretanto, pode ser que, em outro momento, os títulos atuais cheguem ao Nintendo Switch na condição de as vendas do Trilogy agradarem a Bandai, assim como ocorreu com Dragon Ball Xenoverse 2 ou Resident Evil Revelations 1 e 2 com a Capcom.
Não precisa chorar, Storm 4 ainda pode chegar ao Nintendo Switch
Os títulos podem ser comprados separadamente ou o bundle completo, economizando seu suado dinheirinho. Contudo, ele não economizará a sua memória interna ou seu cartão SD, já que os três jogos ocuparão juntos um pouco mais de 17 gigas. Cada game está sendo vendido por U$19,99 dólares na eShop americana, enquanto o bundle sai a U$39,99. É quase um compre 2 e leve 3. Todos os DLCs estão inclusos no pacote e a terceira versão do jogo é a mais completa, com uma atualização chamada Full Burst, que traz os acontecimentos do anime onde Itachi Uchiha e seu irmão Sasuke Uchiha devem desativar o jutsu proibido Edo TenseiJutsu que reanima os mortos sendo controlados pelo seu usuário — utilizado por Kabuto Yakushi. Isso além de diversos trajes extras aos personagens.
Batalha exclusiva da versão Full Burst

Infelizmente, nada de legenda em português, ainda assim, podemos mudar o idioma para japonês e deixar a legenda em inglês.

Missão aceita, dattebayo!

Este é um game que merece ser jogado por diversas horas, com um replay bem grande. Além de diversas coisas para se fazer nas campanhas, há também o modo on-line para os Storm 2 e 3, apesar de ser decepcionante, visto que diversos atrasos grosseiros nos comandos me fizeram desistir — isso acontece nas outras plataformas também. Outro ponto negativo fica por conta de sua distribuição sendo apenas digital (apenas o Japão recebeu mídia física).
As batalhas são emocionantes e frenéticas 


Os controles continuam os mesmos das outras plataformas. O multiplayer local pode ser jogado por duas pessoas, sendo necessário outro par de Joy-Con ou um Pro Controller, já que não é possível jogar com apenas um lado dos Joy-Con. O port foi bem executado: pontos para CyberConnect2 e Bandai Namco que não deixaram perder quase nada em relação às suas versões novas e tornaram-no superior às suas versões originais. Se você é fã de Naruto, não pode perder essa chance, ainda mais considerando o preço, que está bem bacana. Se não for, ainda assim, dê uma chance, pegue a versão mais atual. Quem sabe você não curte e acaba pegando os outros?



Prós

  • Ótimo desempenho gráfico;
  • Preço acessível;
  • Batalhas envolventes e frenéticas;
  • Carregamentos bem rápidos;
  • Fator replay alto;
  • Pack de DLCs inclusos.

Contras

  • Filtro incomoda um pouco;
  • Ausência do nosso idioma nas legendas;
  • On-line decepcionante;
  • Não existe em mídia física para as Américas.

    Naruto: Ultimate Ninja Storm Trilogy — Switch/PC/PS4/XBO — Nota: 8.5
Revisão: João Paulo Boaventura
Leandro Alves é especialista em designer estratégico pós-graduado pela Unicarioca. Diretor Geral e também diretor editorial e diretor de artes das revistas GameBlast e Nintendo Blast, iniciou a sua paixão em The Legend of Zelda A Link to the past, fã da Nintendo, porém não esconde a sua satisfação pelo PlayStation e as séries Kingdom Hearts, Pokémon, Splatoon, The Last of Us, Uncharted e Naruto Storm. Está no Facebook, Twitter e Instagram.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook