Reggie gostaria que Super Smash Bros. Ultimate (Switch) fosse lançado antes

Presidente da Nintendo of America explica que lançar um grande título em dezembro é um desafio para a Big N e varejistas.



Quem é fã da série Super Smash Bros. certamente sabe que o desenvolvimento de cada título exige tempo e dedicação. O diretor Masahiro Sakurai e sua equipe são incansáveis e estão trabalhando duro para o lançamento de Super Smash Bros. Ultimate no Nintendo Switch.


Em recente entrevista ao Kotaku, Reggie Fils-Aime, presidente e CEO da Nintendo of America, comentou sobre Ultimate. Ele reforçou que o jogo de luta do Switch é novo, e não um mero port da versão de Wii U, citando os novos personagens e o modo World of Light como exemplos, e que Sakurai e sua equipe continuarão ajustando o game após o lançamento.

"Smash Bros. [Ultimate] é um novo Smash. A ampla lista de personagens controláveis, inéditos personagens jogáveis, é um novo jogo. O Sr. Sakurai continuará ajustando os diferentes personagens até o lançamento e até mesmo após o lançamento. É uma nova experiência. Mostramos como é a experiência para um jogador. Aquilo não está nos sistemas anteriores. É algo novo para os jogadores de Smash", disse Reggie.

Quando questionado sobre o que a Nintendo poderia ter melhorado nos primeiros nove meses desse ano, o presidente revelou que gostaria que Super Smash Bros. Ultimate fosse lançado antes. Segundo Reggie, o lançamento do jogo em dezembro trará desafios para a Nintendo e para os varejistas atenderem a demanda. "Eu adoraria ter visto, por exemplo, o lançamento de Smash Bros. mais cedo este ano? Certamente. Um lançamento no início de dezembro é um desafio. É desafiador de uma perspectiva de negócios. É desafiador do ponto de vista do varejista", comentou.

Entretanto, o presidente da Nintendo of America relembrou os lançamentos de third parties e indies este ano e que acredita que o Switch terá um bom desempenho nos Estados Unidos até o início de 2019. "Eu olho o ritmo de crescimento que tivemos, nossa capacidade de trazer Fortnite para o sistema, a nossa capacidade de ter Diablo III no console, Wolfenstein, você olha para o apoio third party que tem sido bastante forte, quando você olha o apoio da comunidade independente que tem sido muito forte, eu acredito que quando [...] olharmos para o nosso desempenho nos primeiros 22 meses do ciclo de vida, acredito que estarei excepcionalmente orgulhoso do resultado aqui nos Estados Unidos do que o Nintendo Switch foi capaz de fazer", completou Reggie.

Super Smash Bros. Ultimate será lançado no Nintendo Switch em 7 de dezembro.

Alex Sandro de Mattos é formado em Gestão de TI. Entre se aventurar por Hyrule e se perder em Silent Hill, gosta de publicar fatos interessantes e bobagens no Nintendo Blast. Pode ser encontrado jogando games 2D e também no Facebook.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook