The Elder Scrolls Online: diretor diz que streaming é a única forma do título chegar ao Switch

Ao ser questionado sobre uma possível versão para o híbrido da Big N, Matt Firor, diretor do popular MMO, enfatizou que o console não era poderoso o suficiente para uma versão nativa do jogo.

Uma das empresas mais prolíficas em termos de suporte para o Nintendo Switch é, sem dúvidas, a Bethesda. Desde as elogiadas conversões de The Elder Scrolls V: Skyrim (Switch) e Wolfenstein II: The New Colossus (Switch) até os anúncios de adaptações de The Elder Scrolls: Blades e Doom Eternal, não há carência de boas opções para os fãs da produtora que possuam o console híbrido da Big N.


No entanto, uma notável ausência até o momento é a de The Elder Scrolls Online. Desenvolvido pela ZeniMax Online Studios e originalmente lançado em 2014, o MMO possui uma fiel comunidade e até hoje recebe constantes atualizações de conteúdo. Recentemente, ao ser entrevistado e questionado sobre uma possível versão para Switch, Matt Firor, diretor do título, disse que amava a ideia, mas que a única maneira da mesma acontecer seria por streaming, posto que o console não é "poderoso o suficiente" para comportar o projeto de maneira nativa.

Será que veremos algum dia então alguma versão por streaming para o console da Big N? Vale lembrar que títulos como Assassin's Creed Odyssey e Resident Evil 7: Biohazard já receberam versões similares, embora apenas disponíveis no Japão, e esta é uma tendência fadada a crescer nos anos seguintes, tendo em vista os avanços na computação em nuvem. Nos resta, portanto, aguardar. Interessado, caro(a) leitor(a)?

Fonte: Nintendo Life

é bacharel em Produção Cultural pela UFF e estudante de Comunicação Social pela FSMA. Na infância, ganhou um Super Nintendo dos pais e, desde então, nunca mais deixou o mundo dos games. Ainda sonha em ser um Mestre Pokémon.

Comentários

Google
Disqus
Facebook