Nintendo cancelou diversos projetos para 3DS, incluindo um remake de Fire Emblem

Segundo Imran Khan, ex-editor da Game Informer, decisão foi motivada pelas baixas vendas de Mario & Luigi: Bowser's Inside Story + Bowser Jr's Journey.



Kirby's Extra Epic Yarn e Mario & Luigi: Bowser's Inside Story + Bowser Jr's Journey foram os últimos jogos lançados pela Nintendo para 3DS. Ambos têm em comum o fato de serem remakes/remasters de títulos disponíveis em outras plataformas e a Big N pretendia continuar adotando esse modelo para abastecer a biblioteca de seu portátil. No entanto, as vendas baixas do RPG estrelado pelos irmãos encanadores interromperam o planejamento. A informação foi revelada por Imran Khan, ex-editor da Game Informer.


De acordo com o jornalista, um dos games que estava sendo considerado era um remake de Fire Emblem. Ele comentou ainda que acredita que esses jogos não foram completamente abandonados e há esperança de vermos alguns deles no Switch — na semana passada, a Nintendo afirmou que pretende levar franquias do 3DS para a plataforma híbrida graças ao sucesso da versão Lite do console. Além de abreviar a vida do portátil, Mario & Luigi: Bowser's Inside Story + Bowser Jr's Journey também teria sido um dos responsáveis pelo pedido de falência da AlphaDream, segundo Khan.

Confira a fala do ex-editor da Game Informer na íntegra:
“Quando a AlphaDream fechou, parte do motivo na minha cabeça era o remake de Mario & Luigi: Bowser's Inside Story para 3DS não ter se saído bem. No primeiro mês, ele vendeu 11 mil cópias. Então, não fiquei surpreso que o estúdio fechou depois disso — ou pelo menos pediu falência, já que ainda não foram oficialmente fechados. Quando isso aconteceu, ouvi que a Nintendo cancelaria vários outros planos para 3DS. Eu não ficaria chocado ao ver esses jogos chegarem ao Switch também. Eu sei que teria outro remake de Fire Emblem nos planos para 3DS. E esse foi um dos títulos cancelados. Talvez, seja uma das coisas que a Nintendo apresente no futuro”.

É jornalista e obcecado por games (não necessariamente nessa ordem). Seu vício começou com uma primeira dose de Super Mario World e, desde então, não consegue mais ficar muito tempo sem se aventurar em um bom jogo. Diretor de Redação do Nintendo Blast.

Comentários

Google
Disqus
Facebook