Perfil

Pikmin: conheça as criaturas mais prestativas do universo

Descubra novas espécies de Pikmin com diversas cores, formatos e tamanhos.



A série Pikmin surgiu em 2001 no GameCube, e desde então jogadores de todo o globo viveram várias aventuras ao lado das adoráveis criaturas que levam o mesmo nome dos jogos. Como o lançamento de Pikmin 3 Deluxe (Switch) está na reta final, agendado para o dia 30 de outubro, preparamos uma matéria especial para apresentar quem são esses seres que acompanham os exploradores da série nas expedições pelo planeta PNF-404. 

Uma forma de vida curiosa

Descobertos pelo Capitão Olimar, os Pikmin são pequenas criaturas bípedes que habitam o planeta PNF-404 e possuem uma aparência híbrida de planta e animal. A característica marcante da espécie é a flor localizada no topo de sua cabeça, cujo desabrochar é dividido em três etapas que representam a evolução dessas criaturas: folha, botão e flor.

Na primeira etapa os Pikmin são mais lentos e fracos, mas conforme a planta se desenvolve eles ganham velocidade e força para executar as tarefas durante o jogo. Geralmente isso acontece quando essas criaturas ingerem néctar ou amadurecem por mais tempo no solo. Fato curioso: a flor na cabeça dessas criaturas realmente existe e é chamada de Sutera cordata.




As espécies de Pikmin apresentam no geral uma aparência padrão: formato humanoide, braços e pernas finos, cabeças grandes em comparação ao resto do corpo e olhos redondos bem abertos, além da já mencionada flor em sua parte superior. De acordo com Olimar essas características lembram as Pikpik Carrots, um tipo de cenoura presente em seu planeta natal, e por isso essas criaturas foram nomeadas como “Pikmin” pelo capitão.

O comportamento dessas formas de vida é bem peculiar, visto que eles são seguidores devotos dos capitães nos jogos, a ponto de obedecer ordens diretas e colocar em risco sua própria vida para realizar certas tarefas ou enfrentar outros seres. Apesar de não haver um motivo explícito para tanta prestatividade, especula-se que as antenas no traje dos astronautas lembram a flor na cabeça dos Pikmin, fazendo com que estes vejam os exploradores como uma figura paterna e consequentemente sigam suas ordens. 




Isso faz mais sentido ainda ao considerar que estes personagens aceleram a reprodução dos Pikmin, já que são os responsáveis por arrancar as criaturas do solo e ativar as Onions - formas de vida que servem como incubadoras para algumas espécies - seja por aproximação ou adequação do ambiente. Após plantar as sementes de Pikmin na terra, basta aguardar um pouco e trazê-los para a superfície ao puxá-los pela planta no topo de suas cabeças. Vale mencionar também que quando mortos os Pikmin liberam algum tipo de substância líquida de seus corpos, e em seguida desaparecem na forma de fantasma.

Quem é esse Pikmin?

A principal forma de diferenciar os Pikmin são com base na cor de cada espécime, o que indica tanto as forças como as fraquezas dessas formas de vida. No primeiro jogo apenas quatro espécies podiam ser encontradas, mas posteriormente novas variações foram descobertas pelos exploradores da série. 




São elas:

Red Pikmin

São os primeiros Pikmin descobertos por Olimar, cuja característica marcante são seus narizes pontudos. Eles são resistentes ao fogo e possuem maior poder de ataque do que as outras espécies originais. 

Yellow Pikmin

Marcados por suas grandes orelhas, esses Pikmin são mais leves que a maioria das outras espécies, o que possibilita que eles sejam lançados em distâncias maiores. Enquanto no primeiro jogo eles são os únicos capazes de carregar e lançar Bomb Rocks (rochas explosivas que causam dano às criaturas ao redor), na sequência é revelado que essa espécie é imune à eletricidade.


Blue Pikmin

Os Blue Pikmin podem sobreviver em ambientes terrestres e aquáticos, ao contrário das demais espécies. Eles possuem uma cavidade na parte inferior do rosto, que apesar de parecer uma boca na verdade é uma brânquia, o que justifica sua resistência à água. Além disso, eles são capazes de salvar Pikmin em estado de afogamento ao lançá-los de volta para a terra.

Mushroom Pikmin

Conhecidas como Puffmin, essas criaturas roxas não são exatamente uma espécie única, mas sim espécimes infectados por nuvens de esporos de um Puffstool. Quando afetados por esse efeito, os Pikmin perdem suas características únicas (como o nariz pontudo do vermelho), passam a ter um cogumelo no lugar da flor e deixam de obedecer às ordens de Olimar, rebelando-se contra o capitão e outros Pikmin aliados.

Eles são encontrados apenas no primeiro jogo e podem ser revertidos para suas formas originais ao se derrotar o Puffstool responsável pela infecção, esperar o efeito passar ou por meio do contato direto ao atacá-los ou afastá-los. 

Purple Pikmin

Introduzidos em Pikmin 2 (GC), os Purple Pikmin são maiores e mais fortes que as outras espécies. Isso faz com que eles sejam mais poderosos e eficazes em batalhas e ao carregar objetos, respectivamente, porém realizam essas tarefas lentamente. O peso extra desses seres também resulta em um dano de impacto ao serem arremessados em inimigos, além de evitar que eles sejam levados por ataques de vento. 

Diferente dos Pikmin anteriores, a flor no topo de suas cabeças é rosa, e sua característica única são os “fios de cabelo” ao redor da planta. 

White Pikmin

Assim como os Purple Pikmin, os White Pikmin possuem uma flor rosa em vez da branca. Menores do que as outras criaturas, eles são resistentes a veneno e podem envenenar seus inimigos quando ingeridos por estes. Mesmo com o tamanho reduzido, é a espécie mais veloz na locomoção e ao carregar objetos. Por fim, seus notáveis olhos vermelhos possibilitam a busca de tesouros ocultos, que podem ser desenterrados pelos próprios White Pikmin.

Bulbmin

Os Bulbmin são uma rara espécie parasita de Pikmin que coexiste pacificamente com seus hospedeiros: os Red Bulborbs. A princípio eles são encontrados em grupos nas cavernas e possuem um líder, que seria um espécime maduro. Depois que este mestre é derrotado, os Bulbmin mais jovens que sobrevivem entram em estado de pânico e podem ser recrutados pelo jogador ao utilizar o apito. 

Apesar de serem resistentes a todos os perigos do ambiente (fogo, eletricidade, água e veneno), eles são mais fracos em combate e não podem abandonar a caverna de origem. Dessa forma, é recomendado que o capitão utilize algum Candypop Bud para transformá-los em Pikmin tradicionais.

Rock Pikmin

Encontrados apenas no terceiro jogo, os Rock Pikmin são Pikmin que tomaram a forma de pequenas pedras. A espécie é bem forte e robusta, sendo capaz de quebrar vidros e alguns cristais, além de possuir certa resistência contra pancadas. Quando arremessado, esse tipo de Pikmin não gruda em outras criaturas, já que ele quica após causar dano no contato. A flor no topo de sua cabeça é da cor lavanda (uma variação de roxo).

Winged Pikmin

Assim como o nome indica, esses Pikmin cor-de-rosa conseguem voar devido às suas asas. Por conta disso, eles seguem o capitão e atacam criaturas aéreas com mais facilidade, mas pecam com um poder de ataque fraco e pouca resistência. Essa espécie tem uma cabeça proporcionalmente maior que o resto do corpo e com grandes olhos azuis, além de compartilhar o mesmo estilo de flor dos Rock Pikmin (lavanda). 

Ainda há muito para se explorar

Os Pikmin são seres extraordinários com características muito diversas. Suas interações com o ambiente e outras criaturas resultam em uma adaptabilidade intrigante que implica a existência de várias outras espécies. O final “bom” do primeiro Pikmin (alerta de spoiler) apenas reforça essa teoria ao mostrar Onions de diversas cores até então desconhecidas pelos exploradores.




Com o lançamento de Pikmin 3 Deluxe chegando em breve para provar que a série merece mais visibilidade, o jeito é torcer e aguardar por futuros anúncios e novidades no universo Pikmin.

Revisão: Icaro Sousa

Estudante de publicidade que saiu do interior de Goiás para viver na cidade grande. Apaixonado por jogos, musicais e animações, passa bastante tempo no Twitter comentando sobre esses assuntos.


Disqus
Facebook
Google