Kingdom Come: Deliverance Royal Edition: estúdio afirma que jogo não está a caminho do Switch

Representantes da produtora do game afirmaram que listagem no site japonês da Nintendo não era real.



Nesta semana, uma listagem no site oficial da Nintendo do Japão que contém o cronograma de lançamentos futuros para Nintendo Switch afirmava que o RPG de ação Kingdom Come: Deliverance Royal Edition chegaria ao console híbrido no próximo dia 18 de fevereiro. No entanto, a desenvolvedora do game, Warhouse Studios, negou a existência de uma versão do título para a plataforma da Nintendo.


O gerente de relações públicas do estúdio, Tobi Stolz-Zwilling, publicou em seu Twitter, nesta segunda-feira (04), uma mensagem em que afirma que uma edição do jogo para Switch está fora dos planos da empresa no momento. Segundo ele, a Warhouse está investigando como o game apareceu no calendário da Big N.
"Por mais que eu adoraria uma versão de #kingdomcomedeliverance no Switch - infelizmente não há nada planejado no momento. Estamos investigando quem foi tão ambicioso para pensar diferente, mas por enquanto... meh meh meeeeh..... Desculpe, pessoal."

A produtora confirmou a informação de Tobi para o canal de YouTube SexyBiscuit. Ao ser perguntada sobre a veracidade da edição de Switch, a empresa respondeu:

"Infelizmente não é real. A única notícia é que haverá o lançamento de KCD RE no PS4 graças à DMM Games. Isso é tudo. Desculpe :("

A companhia DMM Games é a distribuidora de Kingdom Come: Deliverance no Japão e estava listada como a publicadora desta versão de Switch. A suspeita levantada pelo youtuber é que, em algum momento, a informação do lançamento do título foi passada erroneamente para a Nintendo, que já removeu a listagem de seu site.

Este é o segundo episódio recente em que jogos são listados de maneira equivocada na página japonesa. No fim do ano passado, Banjo-Kazooie (N64) e Blast Corps (N64) apareceram no cronograma como supostos lançamentos para o Virtual Console de Wii U.

Fonte: Nintendo Life


Jornalista, analista de mídias e entusiasta de games desde que jogou Pokémon Azul no Game Boy Color nos anos 90. De lá para cá, tenta aproveitar ao máximo todos os consoles no pouco tempo que a vida adulta permite. Se não está escrevendo para o Blast ou demorando anos para zerar um jogo, está no Facebook e no Instagram (@daniel.skm)


Disqus
Facebook
Google