Chrono Trigger (SNES) receberá álbum no Japão com trilha sonora versão jazz

Disco com releituras das composições de Chrono Trigger chegará ao mercado japonês no 26 de janeiro de 2022.

Chrono Trigger Jazz

A Square Enix revelou, nesta segunda-feira (22), que lançará um novo álbum com releituras de trilhas sonoras de seus jogos em versão jazz. Depois de a série SaGa e de Final Fantasy VII terem recebido este tratamento, chegou a vez de Chrono Trigger (SNES). O disco com arranjos de composições do RPG está com pré-venda aberta na loja oficial da empresa e será lançado no dia 26 de janeiro de 2022.


O álbum contém as seguintes 11 faixas do game:
  • “Peaceful Days”
  • “Frog’s Theme”
  • “Lavos’ Theme”
  • “Robo’s Theme”
  • “The Brink of Time”
  • “Battle with Magus”
  • “Schala’s Theme”
  • “Chrono and Marle ~Far Off Promise~”
  • “World Revolution”
  • “Outskirts of Time”
  • “Chrono Trigger”
Consumidores que adquirirem o produto até o dia 27 de dezembro, às 11h59 (horário de Brasília), também receberão a faixa "Frog's Theme Jazz Arrangement (Another Edition)" como bônus para baixar.

Entre os artistas que participaram das gravações deste disco, estão o trombonista Eijiro Nakagawa, que trabalhou na trilha do jogo original, e o baixista Ryu Kawamura, que esteve presente nas músicas de Xenoblade Chronicles 2 (Switch).

O álbum custa 3300 ienes (cerca de R$ 160,64 na cotação do dia 22 de novembro de 2021) na pré-venda, que, por enquanto, só está aberta ao mercado japonês. A Square Enix não confirmou lançamento para o Ocidente, apesar de outros lançamentos com arranjos de jazz da companhia terem sido disponibilizados nas Américas.

Saiba mais sobre a trilha sonora de Chrono Trigger em nossa matéria especial.

Fonte: Siliconera

Jornalista, analista de mídias e entusiasta de games desde que jogou Pokémon Azul no Game Boy Color nos anos 90. De lá para cá, tenta aproveitar ao máximo todos os consoles no pouco tempo que a vida adulta permite. Se não está escrevendo para o Blast ou demorando anos para zerar um jogo, está no Facebook e no Instagram (@daniel.skm)


Disqus
Facebook
Google