E3 perde local para 2024 e reformulação está sendo planejada para 2025

Tradicional evento do mundo dos games busca sobreviver após cancelamento em 2023.

A Entertainment Software Association (ESA) segue tentando manter a E3 viva. Porém, aquele que já foi o maior evento de games do mundo sofreu mais alguns reveses essa semana.


A ReedPop, proprietária dos sites Eurogamer, GamesIndustry.biz e Nintendo Life e produtora de eventos como a New York Comic Con e Star Wars Celebration, anunciou o fim da parceria com a ESA para realização do evento. Anunciada no ano passado, o acordo não rendeu frutos já que, após uma série de empresas desistir de participar, a edição de 2023 da E3 acabou cancelada.

A própria ESA também confirmou que o Los Angeles Convention Center não sediará a exposição em 2024. Sem a parceira externa e sem o tradicional local de eventos, não há certeza de que o evento ocorrerá no ano que vem.

Por outro lado, é esperado um retorno da E3 em 2025. Segundo informações do já citado GamesIndustry, a ESA está trabalhando para uma reformulação completa do evento. A empresa não anunciou oficialmente os planos de reinvenção, mas prometeu novidades sobre a exposição em breve.


Nascido no mesmo dia que Manoel Bandeira (mas com alguns anos de distância), perdido em Angra dos Reis (dos pobres e dos bobos da corte também), sob a influência da MPB, do rock e de coisas esquisitas como a Björk. Professor de história, acostumado a estar à margem de tudo e de todos por ser fora de moda. Gamer velho de guerra, comecei no Atari e até hoje não largo os mascotes - antes rivais - Mario e Sonic.


Disqus
Facebook
Google