Media Summit: Detalhes sobre a demo de Metroid: Other M (Wii)

Ao final da Nintendo Media Summit, Cammie Dunaway fala sobre o último tópico da apresentação, Metroid: Other M - “Quando vocês terminarem d... (por Pablo Montenegro em 25/02/2010, via Nintendo Blast)

other_m_03Ao final da Nintendo Media Summit, Cammie Dunaway fala sobre o último tópico da apresentação, Metroid: Other M - “Quando vocês terminarem de jogar isso, irão sentir como se conhecessem a Samus de uma maneira que você nunca haviam conhecido antes.” diz Dunaway, e então é aberta para jogar a demo de Other M.

A primeira coisa notada ao jogar-se Other M são os controles: Você utiliza apenas o Wiimote, diferente dos Primes, no qual você usa o Nunchuk para movimenta a Samus e o Wiimote para mirar e atirar. Other M utiliza o Wiimote de lado, do mesmo modo que é usado em New Super Mario Bros. Wii, com os direcionais você movimenta a Samus pelo ambiente em terceira-pessoa e com os botões 1 e 2 a Samus atira e pula, respectivamente.

A grande novidade nos controles é a esquiva. Logo antes de um inimigo atingir você, você pode rapidamente apertar um dos direcionais para desviar e atacar-lo em uma espécie de mini-combo a lá God of War. Se o Wiimote for apontado para a tela, o jogo irá automaticamente para primeira-pessoa, e quando movimentado, o Wiimote representa a mira de Samus, igual nos Primes, só que como você já deve ter percebido, com a ausência do Nunchuck não é possível movimentar a Samus em primeira-pessoa, sendo limitado apenas para mirar nos inimigos e scanear coisas.  

other_m_08O esquema de câmeras é controlado pelo próprio jogo, lembrando Metal Gear e Resident Evil, e em uma parte da demo isso torna-se bem claro. Quando você está entrando no banheiro feminino na estação espacial, a câmera muda para atrás dos ombros da Samus, bem estilo Resident Evil. Nessa cena o tiro foi desativado, então com esse tipo de câmera espera-se ser para partes do jogo onde é necessário uma exploração mais próxima da área.

other_m_04Agora começa a parte que descreve o próprio gameplay do jogo, do inicio até o primeiro chefão, então se você não quer ler nenhum spoiler, é bom parar por aqui. A demo começa como já havia sido especulado: Mostrando os flashbacks da Samus contra o Mother Brain no final de Super Metroid, a cena em que o Metroid se sacrifica para dar a Samus o Hyper Beam, tudo bem cinematográfico. Depois do flashback, Samus acorda em uma sala de recuperação onde ela é mantida em quarentena para realizar alguns testes em sua Power Suit.  É lá que acontece um pequeno tutorial dos controles do jogo. 

other_m_05Após a introdução e os tutoriais (a quarentena), Samus volta para sua nave e recebe uma ligação para voltar à estação espacial. Chegando lá, ela se depara com a tropa da Federação Galáctica e após alguns diálogos com Adam, ele permite que ela siga a tropa para ajudar na missão, mas não dá autorização para Samus utilizar suas armas além do Charge Beam. Isso mesmo, dessa vez eles não inventaram nenhuma historinha para explicar porque Samus não tem suas armas, ela possui bombas e misseis, apenas não tem autorização para utiliza-los.

other_m_09 other_m_10

Mais a frente na demo, Samus e a tropa se deparam com um inimigo e acontece um ótimo trabalho em equipe para acabar com o monstro: A tropa da Federação Galáctica atira na criatura para que ela congele enquanto Samus tem a função de atirar misseis nas partes congeladas. Lindo. Obviamente ao decorrer do jogo Samus encontra novas armas e expansões para seus equipamentos. Os itens escondidos são mostrados no mapa do jogo, mas mesmo assim isso não torna a tarefa de encontrar fácil: Você sabe onde ele está no mapa é bem diferente de saber chegar lá.

ss_action_25 other_m_06

Após o trabalho em equipe para derrotar a criatura, a demo termina e a experiência de quem jogou foi incrível (pelo menos é o que diz Chris Kohler, que jogou a demo que escreveu a matéria na Wired.com) – Muitos jogadores ficaram felizes em rever elementos clássicos de gameplay nesse jogo, como por exemplo o “wall-jumping”, abrir portas apenas com determinadas armas, expansão de itens, entre outras coisas. Ao que tudo indica, Nintendo conseguiu reinventar Metroid com sucesso mais uma vez, e para ter suas próprias conclusões sobre o jogo você terá que esperar pelo seu lançamento, que está marcado para 27 de Junho.

Para ver mais imagens de Metroid: Other M, clique aqui.

Fonte: Wired.com

Pablo Montenegro escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google+
Disqus
Facebook