Blast Log

Pokémon ORAS Nuzlocke Challenge: Parte 4 — a Ascensão do Monstro

Marshtomp evolui, Swablu se junta ao time, e um Zangoose causa mais estrago do que se imaginava.



Ruby, quando começou sua própria jornada no modo hard, não pensou muito no que iria encontrar quando impôs suas regras. Em pouco tempo, ele se deparou com uma verdadeira epopeia por Hoenn. Perdeu seu Beautifly envenenado, na porta do Centro Pokémon, e seu precioso Nuzleaf explodido por um Voltorb. A vida cobra um preço alto pelos erros de cálculo, pela falta de sorte e principalmente pela confiança excessiva. Panzer foi minha primeira baixa, numa mistura desses três fatores.

Acreditava que a perda de meu Metang traria algumas valiosas lições para o time, para as estratégias e principalmente para meu próprio estilo de jogar. Não sabia naquela hora, mas o sacrifício de Panzer pouco influenciou em minhas atitudes.

No último log, interrompi a jornada em Fallarbor para me dedicar ao time. Treinei os cinco membros restantes no Super Training, e cada um saiu mais forte e mais preparado para os desafios seguintes. Entrando na rota 114 para ganhar algum XP, encontro o que pode ser o melhor substituto para Panzer: Cloud, o Swablu, junta-se ao time!


A primeira coisa que faço com Cloud é melhorar seus EVs. Não sei se fiz certo, e talvez os treinadores mais profissionais me condenem por isso. O futuro Altaria terá Sp. Atk e Sp. Def. no talo, para aguentar qualquer tora vinda em sua direção ao mesmo tempo que os fulmina com ataques do tipo dragão. Apesar de Swablu ser uma promessa no endgame, pouco ele consegue fazer agora a não ser beber todas as minhas poções e quase morrer para tudo. Acho que escolhi o apelido errado para ele.

Adotando um Zubat em Meteor Falls

Em Fallarbor, a perda de Panzer ofuscou a história do jogo. Alguém teve seu aerolito roubado por outrem, e juntos com May vamos para Meteor Falls recuperá-lo. Andando pela bela caverna esburacada por pedras vindas do espaço, o primeiro encontro Pokémon que surge era algo que já estava esperando há algum tempo: Ozzynha, a Zubat, junta-se ao time! E vai para a caixa.


A luta contra Archie é o primeiro grande teste de fogo (ou Aqua?) do time após o fatídico episódio com Panzer. Todos ainda estavam com o coração pesado e desejo de vingança quando a dupla de Admin e Grunt da Equipe Aqua tomaram a surra de suas vidas. May pouco trabalho teve, já que três Rock Slides de Stronda  foram o suficiente para limpar a área e salvar o dia.

Com pouco tempo para pensar e muita vontade de arrebentar qualquer coisa que estivesse pelo caminho, vamos para o bondinho de Mt. Chimney. Antes bloqueado por alguns Aquas, agora o caminho para o vulcão está live, e logo descobrimos o porquê: todos os guardas, e mais alguns outros aquosos, estão ocupados enfrentando os magmos.

Tudo parece mais ou menos equilibrado nesta batalha de equipes, já que aparentemente os dois lados acham que Poochyenas são os melhores bichos para alcançar seus objetivos. Mas não posso julgá-los, afinal tenho uma Mightyena. Kitty, a Beautifly, mostra como se faz contra a Admin Shelly (a mesma de poucas linhas atrás), e Archie, líder dos Aquas, é meu último desafio na montanha. Só um aviso, Archie: Mightyena, Golbat e Sharpedo não formam um time vencedor.

Antes de tentar megaevoluir seu tubarão, o Nextel do camarada toca e “assuntos mais importantes” interrompem a batalha. Claro, pois qualquer coisa é mais importante quando se está na beira de um precipício prestes a cair em lava fumegante.


Com o aerolito em mãos, hora de descer a montanha. Mas o que é aquilo no mato? Uma Spoink surge em Jagged Pass e é a primeira a surgir na área. É estranho ver um porco cinza com molas e não se apaixonar pela insanidade por trás disso tudo. Molly se junta ao time! E vai para a caixa.

MONSTRO em Lavaridge

Chegando em Lavaridge, lembro de como tinha uma pequena queda por Flannery, na época do Ruby/Sapphire/Emerald. Além dela ser quente, também é líder do meu tipo favorito. Mas chega de desejos bobos de um adolescente otaku.

Depois de dar um tempo nas termas para relaxar os nervos do time, sigo para o ginásio da cidade. Para não ter surpresas durante o caminho para Flannery, Stronda é o homem da frente. Dovahkiin e Ricoome, apesar de serem boas opções para ajudar o Monstro, não precisaram ser acionados aqui. Chegando na líder do ginásio, todas aquelas emoções de adolescente nerd afloraram novamente. Mas precisamos ter foco aqui.

Não se esqueçam de Panzer! — gritei ao time antes da batalha.

Com sede por chamas, o Monstro rapidamente se desfaz do Slugma. Sabendo do tamanho da encrenca, Flannery joga logo seu trunfo: Torkoal e suas poderosas defesas aguentam os dois Mud-Bombs que Marshtomp consegue acertar.


Lançando Overheats a cada investida de Stronda, Torkoal logo derruba seu Sp. Atk. ao mínimo. Para evitar um lance de sorte da tartaruga vulcânica, uso Ricoome para finalizar o serviço. Numel pouco trabalho dá para Dovahkiin. Quarta insígnia em mãos!

Logo após a batalha, Stronda evolui para Swampert. PODE VIR, MONSTRO!

A Lapada Fatal

Com mais nada para se fazer em Lavaridge, May se oferece para me dar uma “carona” até Petalburg. Não sei qual apetrecho tecnológico ultra-avançado a garota possui, mas magicamente nos teleportamos para lá. Pois bem, seguimos direto para o Ginásio.

Lembra quando papai me disse que precisava treinar mais para poder enfrentá-lo? Pois bem. Agora possuo um time completo, quatro Pokémon em seus estágios finais e um dragonborn quase lá. Com exceção de Swablu, que apesar do treinamento intenso, ainda decepciona em qualquer coisa. O time então entra confiante na primeira sala.

O escolhido para estar à frente é Ricoome. Apesar de estar com três golpes de HM e Pin Missile como quarto, seu Rock Smash é o único golpe do tipo lutador no time. Mas por não ser um dos melhores ataques do tipo, Ricoome intercala as lutas com Dovahkiin e seus poderosos gritos.

Para aproveitar o bom XP dado por essas batalhas, decido entrar em todas as salas, voltando a cada vitória para enfrentar mais um treinador. A única sala que evitei, por motivos óbvios, foi a do OHKO. Mas a morte, assim como a vida, sempre dá um jeito.


O treinador da última sala, usando um Zangoose, parecia apenas mais um saco de pancadas para Ricoome. Usando um boost de ataque no primeiro turno, o felino toma o primeiro Rock Smash. No segundo turno preferiu um Focus Energy ao invés de contra-atacar. Com poucos pontos de vida e prestes a perder a luta, Zangoose resiste ao terceiro Rock Smash e solta seu triunfante Revenge: com 120 de poder, dobrado por ser superefetivo e somado à enorme força do oponente, meu Linoone mal teve tempo para reagir. Ricoome morre numa lapada só.

Foi devastador. Mais uma vez subestimei o inimigo e ignorei o quão perigoso é um Zangoose com os stats de ataque maximizados. Temia agora não apenas pela perda de alguém que esteve no time desde o início, mas por todos da equipe. Quem usar agora?

Kitty é frágil na defesa, e sua velocidade pode não ser o suficiente para atacar primeiro. Dovahkiin e Ed poderão ter o mesmo fim de Ricoome, por também terem fraqueza a golpes do tipo lutador. Swablu não possui a menor chance. Stronda assume a responsa, e com Rock Slide termina o pesadelo.

Normalizando a situação - a luta contra Norman!

Com a perda de Ricoome, senti uma enorme insegurança pelo que iria encontrar se enfrentasse Norman nestas condições. O único lutador disponível, um Machop nível 14, estava fora de cogitação. Sabendo que enfrentaria pelo menos um Slaking, corro para o Centro Pokémon e recupero todo o meu time. Neste meio tempo, tentei enviar Ricoome para o Wonder Trade, mas seus HMs impedem a troca. Coloco-o na caixa, e o enviarei assim que conseguir remover estas habilidades. Retorno à sala de Norman com o coração batendo rapidamente. Essa luta vai exigir muito de todo mundo.


O primeiro Slaking enfrenta Stronda. Uso Mud-Bomb na esperança de evitar danos. Slaking usa Retaliate, e erra!

Com a vantagem, parto para o ataque. Uso Rock Slide, e Slacking não ataca em seu turno devido à habilidade Truant. O próximo Rock Slide dá dano crítico, e Slacking deita. VEM, MONSTRO!

Norman lança seu Vigoroth, e coloco Dovahkiin para combatê-lo. Confundo-o com Supersonic, mas isso não impede que a preguiça use seu Retaliate. O dano é massivo no dragonborn, mas ele resiste bravamente. Substituo-o por Kitty. A confusão dá efeito, e Vigoroth perde seu turno. Pensei em usar Stun Spore no oponente, mas pensei na possibilidade dele ter Facade (boas lembranças das surras tomadas em Pokémon Emerald), e resolvo partir para Aerial Ace.

Vigoroth se recupera da confusão, e solta um… Yawn! Beautifly usa mais um Aerial Ace, e a borboleta cai no sono antes de ver seu oponente derrotado. Falta um!


Troco Kitty por Stronda, e mais um Slacking aparece. Vou direto ao assunto usando Rock Slide, e o esperado Retaliate não vem. Ao invés disso, o Monstro sofre um Feint Attack. Queimo o turno livre de contra-ataques para usar uma poção, e solto mais um Rock Slide para tentar acabar com isso. Norman também usa uma poção, e Swampert continua lançando pedras na preguiça gigante.

Então papai comete o maior erro da sua vida. Slacking usa Swagger, um ataque que deixa o Monstro confuso, mas também aumenta sua força. Se conheço bem um fisiculturista, o que ele mais gosta é ficar tremendamente forte. Stronda ignora a confusão, talvez por estar vaidoso demais notando seus músculos maiores, e lança um poderoso Rock Slide no oponente, que enrola por mais um turno. Stronda se recupera da confusão e finaliza o oponente com mais pedras. Quinta insígnia em mãos!

Após a vitória, presto pouca atenção no que Norman diz. Meus pensamentos estão com Ricoome, que agora descansa ao lado de Panzer. Ignoro boa parte da história com Wally e pego Wheyston, o Machop, no PC.

Wheyston morre no primeiro encontro dentro do deserto na rota 111. Um Trapinch, usando Arena Trap, impede que troque Machop, e o Sandstorm combinado com seus ataques acabam com os sonhos de se ter um bom lutador no time. Fujo para um lugar mais seguro.

Molly, a nova esperança, ocupa oficialmente a posição de Ricoome na equipe, e parto imediatamente com ela para o Super Training. Ela é promissora demais para mais um deslize.

Em memória de Panzer, Ricoome e Wheyston.

Revisão: Leonardo Nazareth e Vitor Tibério
Capa: Felipe Araújo
Diego Gomez escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Ver mais

No Facebook

Ver mais