Polêmica de minigame em Fire Emblem: Fates (3DS) chega ao fim

Representante da Nintendo decide esclarecer as polêmicas das características românticas persentes no jogo.

Conforme apurado pelo portal Kotaku com diretamente com representantes da Nintendo, a polêmica do minigame romântico (petting minigame) de Fire Emblem: Fates (3DS) chega ao fim. Como muitos devem saber, essa parte do jogo caracterizava-se por uma mecânica habilitada após convidar os personagens para passar a noite nos aposentos de outro personagem. O objetivo era acariciar, através da tela-de-toque, o personagem convidado até, implicitamente, levar a relação sexual entre os dois, aumentando assim o nível de relacionamento.


Essa pequena mecânica foi removida da versão ocidental, permanecendo o evento de convidar um personagem para passar a noite nos aposentos de outro. No entanto, uma outra mecânica permaneceu: em alguns momentos, aleatoriamente, personagens que são casados precisão acordar seu cônjuge. O representante da Big N afirmou que:
Em certas circunstâncias, personagens com nível S [de relacionamento] são capazes de acordar seus cônjuges ao assoprar no microfone ou por tocar na tela no rosto, cabelo ou ombro. Esses eventos são ativados aleatoriamente e não têm relação com o mini-game da versão japonesa. 
Isto é, segundo ele, o evento de acordar o parceiro não ocorre após a relação sexual implícita do outro minigame, conforme especulava-se. De acordo com o representante esta é a única interação romântica disponível na versão ocidental do jogo, que será lançada nesta sexta-feira nas Américas.

Fonte: Kotaku
Lucas Palma Mistrello é historiador, mestre pela Universidade Federal de São Paulo. Redator nos Blasts desde 2012, começou com os games com o Atari 2600 e é eclético em gênero e temas: vai de COD e Medal of Honor a Pokémon e Zelda com a mesma vontade. Sempre está de olho nos comentários das postagens.

Comentários

Fórum
Google+
Facebook


Últimas do Fórum

Ver mais

No Facebook

Ver mais