Blast from the Past

Blast from the Past: Secret of Mana (SNES)

Conhecido no Japão como Seiken Densetsu 2 (A Lenda da Espada Sagrada), o jogo foi lançado em 1993 para o Super Nintendo, e é uma verdadei... (por Alberto Canen em 22/07/2011, via Nintendo Blast)

Secret of Mana CapaConhecido no Japão como Seiken Densetsu 2 (A Lenda da Espada Sagrada), o jogo foi lançado em 1993 para o Super Nintendo, e é uma verdadeira obra-prima do gênero role-playing game (RPG), para o mundo dos vídeo games. Esse clássico, lançado pela então Square, hoje Square-Enix, é memorável em todos os sentidos, desde seu sistema de combate único, passando pela sua trilha sonora exuberante, até o seu modo cooperativo, que mesmo hoje em dia é raro de se ver nesse estilo de jogo. Tanto é verdade, que é um dos poucos jogos que produtora portou para os aparelhos com “iOS” (iPhone, iPad, Ipod Touch).

Diferente de outros RPGs clássicos da Square-Enix, como Final Fantasy e Chrono Trigger, o sistema de batalhas de Secret of Mana não é realizado por turnos, e sim em tempo real, mais ao estilo de The Legenda of Zelda, ou Zenonia, para citar algo mais contemporâneo. Esse seu sistema de batalhas foi o que o tornou tão memorável, pois além da dinâmica da ação, ainda é possível jogar de forma cooperativa.

Os menus em forma de anel, que podem exigir um tempo para se acostumar a eles, também são característicos da série. Depois de um tempo eles se tornam muito naturais e deixam a jogabilidade mais dinâmica. Fazem até falta ao jogar outras franquias com mecânica diferente.

Secret of Mana Menu RingSecret of Mana Menu Ring 2

Apesar de ser um RPG de ação, ele mantém o consagrado sistema de progressão de níveis, conforme os personagens avançam na partida. E, ainda nesse aspecto, o jogo consegue apresentar um diferencial, pois também as armas e magias ganham força ao passar do tempo, com o uso das mesmas.

Os gráficos do jogo são de alta linha para o console, com personagens e cenários bem coloridos, e que têm seu estilo próprio, diferenciando dos outros feitos pela produtora.

Secret of Mana 1Secret of Mana 4

Secret of Mana 5Secret of Mana Flammie

E a história se repete

Mana FortressO jogo traz um trágico conto pelo qual a humanidade passou, anos antes de começar os eventos do game. Os humanos abusaram do poder da Mana, que mantém o mundo em equilíbrio, e usaram essa força para criar uma arma poderosa: a Mana Fortress. Isso deixou os deuses furiosos, e eles enviaram suas feras para destruir a fortaleza. Uma luta violenta abalou o mundo, e a Mana aparentemente desapareceu. Mas antes que tudo fosse perdido, um herói com a Mana Sword destruiu a fortaleza. Apesar da civilização ter sido destruída, o mundo estava em paz novamente. Mas o tempo flui como um rio, e a história se repete.

Depois disso tudo, anos depois, é que começam os fatos da nossa aventura, ou melhor, do personagem principal, Randi, que com sua espada (sagrada), se unirá a companheiros para enfrentar as forças do mal e libertar o mundo de um trágico fim. A verdade é que, apesar de empolgante, como a maioria da aventuras são, a história é bem clichê. O que a torna boa mesmo não é o objetivo batido, mas todo o caminho até lá. Com personagens e situações divertidas e muitas lutas de tirar a fôlego.

ExcaliburSecret of Mana 3

Personagens principais

RandiRandi: é o protagonista e faz o papel do guerreiro. E como tal, é bom no combate corpo-a-corpo e mestre em diferentes tipos de armas, as quais são coletadas durante a aventura. Ele é um garoto que foi criado pelo ancião de Potos Village. Quando ele retira a espada Excalibur Mana da pedra, ele é expulso da vila e adentra essa instigante aventura cheia de perigos e novas amizades.

Purim

Purim: é a curandeira do time. Ela faz um papel muito parecido com os “White Mages” da franquia Final Fantasy. Ela é capaz de curar os ferimentos e lançar mágicas defensivas. Ela é a filha de um nobre, servo pessoal do Rei de Pandora, e encontra Randi ao salvá-lo de virar uma bela refeição de goblins.

PopoiPopoie: ele funciona como os “Black Mages”, também de Final Fantasy, e domina as “magias negras”, que são muito poderosas em ataque. Ele acaba sofrendo de amnésia e cai na Dwarf Village, que é onde Randi o encontra e o líder dos anões sugere que ele se junta ao grupo, para conseguir recuperar suas memórias.

Inteligência artificial ou inteligência humana

Um dos pontos mais fortes do game é a possibilidade de jogar cooperativamente com mais 2 pessoas, bastando para tanto 3 controles de Super Nintendo e um acessório chamado Super Multitap. Jogando o port para Virtual Console (VC), nada disso é necessário, já que o Nintendo Wii tem capacidade para até 4 jogadores ao mesmo tempo. Basta ter o número necessário de controles do GameCube ou Classic Controller.

SuperMultitap

Caso não tenha mais ninguém para jogar junto, ou os equipamentos necessários, a inteligência artificial (IA) do jogo tomara conta dos outros dois companheiros, mesmo que nem sempre faça um ótimo trabalho, "empacando" em certas ocasiões. Mas é possível controlar individualmente qualquer um dos 3 heróis, então isso não será problema. Também é possível programar como a IA vai agir, se de forma mais ofensiva ou mais defensiva.

Música original

A trilha sonora de Secret of Mana, composta por Hiroki Kikuta, é tão espetacular, que foi lançada uma versão nos Estados Unidos. O que não era comum na época, ainda mais em um país que não tinha cultura de RPGs. E o CD, cujas músicas foram feitas com o uso de instrumentos de sopro e percussão, foi muito bem recebido pela crítica especializada.

Um bom exemplo da preocupação com a qualidade musical do jogo, é a trilha do título, “Fear of the Heavens”, que foi feita para sincronizar com a tela de abertura, conforme ela, vagarosamente, vai aparecendo. Sincronizar o áudio com os efeitos visuais, também não era algo comum naquele tempo.

Fear of the Heavens (Introdução sincronizada)
  1. Secret of Mana OST CapaFear of the Heavens, 1:42
  2. A Curious Tale, 1:30
  3. Rose and Spirit, 1:27
  4. Always Together,1:09
  5. Kind Memories, 1:01
  6. The Boy Heads for the Wilderness, 1:56
  7. Summer Sky Blue, 1:24
  8. Dancing Beasts, 1:19
  9. Distant Thunder, 1:49
  10. The Child of the Fairy Tribe, 0:51
  11. Occurrence of a Moonlit Night, 0:47
  12. Heart of Darkness, 1:04
  13. The Holy Invasion, 0:59
  14. Secret of the Hot Sands, 1:11
  15. What the Forest Taught Me, 1:03
  16. A Wish, 1:03
  17. Soul of the Night, 1:47
  18. Did You See the Sea?, 2:09
  19. Crisis, 2:12
  20. Orphans of the Storm, 2:03
  21. Where the Wind Ends, 1:13
  22. Flight into the Unknown, 1:30
  23. Eternal Recurrence, 2:12
  24. The Legend, 1:43
  25. The Eight Strokes of the Bell, 1:00
  26. A Strange Incident, 1:06
  27. The King of the Coast, 1:37
  28. The Dark Star, 1:33
  29. Premonition, 1:12
  30. Steel and Traps, 1:43
  31. Prayer and Whisper, 1:10
  32. Ceremony, 1:27
  33. Reaching Tomorrow, 1:06
  34. Time Enough for Love, 1:26
  35. Pure Night, 2:50
  36. The Curse, 1:20
  37. The Sorcerer, 1:48
  38. A Conclusion, 1:08
  39. I Won't Forget You, 1:11
  40. This One is Hope, 1:08
  41. Meridian Festival, 2:19
  42. Wings Flapping No Longer, 2:01
  43. The Penultimate Truth, 2:47
  44. O Closed My Eyes, 0:32

Secret of Apple

Em dezembro de 2010, a Square-Enix lançou Secret of Mana para as plataformas móveis da Apple que usam o sistema iOS. Como acontece com todos os jogos que usam os controles virtuais na tela sensível, não ficaram nada bons, ainda mais se comparados a botões físicos. Em compensação, o visual ficou ainda melhor, com gráficos e cores mais nítidos e bonitos. O mesmo vale para o som, que está mais fluído.

Outro grande problema, e esse sim poderia ter sido evitado, foi a falta de um modo cooperativo. O que é bem estranho, considerando a facilidade em se jogar multiplayer nesse tipo de aparelho. Bastava usar o “Game Center” para fazer a alegria dos jogadores e deixar o jogo ainda mais divertido.

Falhas à parte, ainda é muito bom poder levar um jogo desse nível no bolso e poder jogar em qualquer fila ou condução mais demoradas.

Secret of Mana iPhone 1

No topo da lista

Esse é um clássico da dourada era dos games 16-bits. Qualquer “top 10” de RPGs que se preze deve ter esse grande jogo em sua lista. Ainda mais que ele continua a aparecer nos novos sistemas, como Virtual Console do Wii e no iOS do iPhone, como prova de sua longevidade e qualidade.

Caro leitor, qual a sua lista de RPGs favoritos da Nintendo? Secret of Mana aparece em qual posição?

Secret of Mana Grupo


Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original do mesmo.

Comentários

Google
Disqus
Facebook


  1. Bom texto, man!

    Vai incentivar muito aqueles que não jogaram ainda.

    ResponderExcluir
  2. Eu me lembro desse jogo, bons tempos de Super Nes aqui em casa...

    Outro dia eu quase comprei um jogo da série Mana para o DS, mas eu não sabia se era tão bom quando, alguém sabe me informar?

    Ótima matéria, nostalgia total, quem nunca jogou vale comprar o jogo para o Virtual Console.

    ResponderExcluir
  3. OMG! Esse jogo era muito bom! Nunca zerei, mas era excelente!

    Belo texto, kra

    ResponderExcluir
  4. @Sybellyus: já tem gente que me disse que resolveu começar. Espero que outros entrem nessa também \o/. Obrigado pelo comentário. Abraços!

    ResponderExcluir
  5. @Jhon V.: Se você viu um jogo de Mana para DS, ou foi Heroes of Mana - que é RTS - ou foi Children of Mana - RPG de ação. Ambos tem boa recepção, mas eu, pessoalmente, não gosto de estratégia em tempo real (RTS), por isso compraria o Children of Mana, que lembra Secret of Mana e é a cara de Zenonia. Obrigado pelo comentário o/. Abraços!

    ResponderExcluir
  6. @Rafael Neves: Sempre há tempo para recomeçar um bom RPG #ficaadica. Obrigado mesmo o/. Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Eu particularmente não gosto de topo 10, pois eles dificilmente são justos. Mas se tivesse que colocá-lo em uma lista, ficaria em dúvida entre ele e o Seiken densetsu 3 ( Secret of Mana 2 no ocidente :D ) ( http://www.youtube.com/watch?v=Ut3oRqA36Zw ). Tá certo que o primeiro foi o precursor do sucesso da franquia. Mas o seu sucessor além de aperfeiçoar mutas coisas já existentes, trouxe ótimas novidades, como a escolha do protagonista. Sem contar que Secret of Mana 2 tem o chefe mais épico dos jogos de SNES, na minha opinião ( http://www.youtube.com/watch?v=hyg9Eh0Lv2M ).

    Mas claro, o primeiro também é muito bom. E posso dizer isso porque já joguei ele.

    ;

    Pensando melhor, ele não precisa necessariamente estar em um top 10 para provar que é um ótimo jogo ( pelo menos não pra mim. Prefiro acumular os bons RPGs que joguei até hoje ^_^ ).

    ResponderExcluir
  8. Realmente um clássico, horas e horas de jogo, zerado inúmeras vezes, divertido jogar em 2 ou 3 pessoas. Merecia um remake para os consoles atuais.

    Pena que a Square preferiu fazer 3 jogos totalmente novos (Children, Heroes e Dawn of Mana) que, na minha opinião, não são tão bons quanto esses clássicos do Snes.

    ResponderExcluir
  9. otimo texto, parabens, huhu to esperando um Blast from the Past sobre Secret of Evermore.... fica a dica

    ResponderExcluir
  10. tenho esse no virtual console. foda.

    ResponderExcluir
  11. Uhul! Alberto sempre mandando bem na escolha dos jogos. Esse é um dos melhores RPGs de todos os tempos. É aquele tipo de game que mesmo não sendo fã do gênero, vale a jogada para ver "de qual é". Boa, Alberto!

    ResponderExcluir
  12. @Alveni: obrigado. Essa dica eu peguei de você mesmo. Só fiquei esperando o momento mais oportuno :D. Abraços!

    ResponderExcluir
  13. Alberto, esse jogo foi marcante demais pra mim! Era eu e meu irmão jogando direto esse game. Curto demais, vontade de jogar ele de novo. Difícil achar jogo nesse estilo como foi este. Matéria sensacional, com gosto de saudade!

    ResponderExcluir
  14. @Atner: ainda bem que você gostou da matéria \o/. Esses jogos antigos deixam esse sentimento mesmo. Vários eu fico me perguntando pq não fizeram um remake ou uma "continuação" mais moderna nos mesmo termos. Enquanto eles não chegam, vamos relembrando aqui. Abraços!

    ResponderExcluir
  15. Esse jogo é simplesmente fantástico!!! As músicas são perfeitas e os personagens cativantes!!! Um dos melhores jogos e com certeza entre os 10 melhores do SNES!!!
    O Seiken Densetsu 3, também é excelente!!!
    Esse jogo no 3DS ficaria perfeito!!!

    ResponderExcluir