Blast from the Past

Mario Kart: Super Circuit (GBA) e seus rachas sobre pistas de corrida portáteis

Mario Kart: Super Circuit trazia de volta os rachas das corridas da turma do reino do cogumelo de uma maneira única, veloz e portátil.

Ah, o calor das corridas, os rachas emocionantes e as vitórias suadas... E o que dizer quando pudemos, pela primeira vez, aquecer os volantes e acionar cascos de bananas através de um dispositivo portátil? Foi essa a sensação que tivemos quando jogamos, na telinha do GBA, Mario Kart: Super Circuit pela primeira vez. O game veio como uma obra-prima para um Game Boy, esbanjando gráficos avançados para a época e coloridos antes nunca vistos em jogos portáteis. Vamos relembrar um pouco sobre este jogão da série Mario Kart.

Karts jeitosos e muitas pistas para correr

Tela dourada após ganhar ouro em todas as copas!
Super Circuit trouxe muitos elementos dos jogos anteriores da série: Super Mario Kart (SNES) e Mario Kart 64 (N64). Entre os modos de jogo tínhamos o Mario GP, o bom e velho campeonato em busca dos troféus; o
Vs., feito especialmente para o modo multiplayer, em que você e seus amigos disputam a vitória no grid de largada; o Battle, que, como o nome sugere, coloca você e mais até três amigos para batalharem em uma arena e ver quem consegue carregar mais balões até o final do tempo limite; o Time Trial, que poucos se atrevem, mas que realizou também um sistema interessante de Ghosts através da troca entre jogadores com o Cabo Game Link; e o Quick Run, corrida rápida contra até sete corredores.

Ao escolher as pistas, notamos algo muito interessante aqui e que talvez muitos não tenham se ligado ainda: o jogo possui um total de cinco copas, ao incluir uma copa final: a Special Cup. Isso mesmo, cinco, que, se somadas aos outros cinco dos estágios retrô, dão a este título o Mario Kart com a maior quantidade de pistas de toda a série!
Muitas seleções e pistas pra dar e vender!
Entre os cenários que passamos muitas de nossas corridas, contávamos com locais inspiradores. Como não guardar as emoções de correr em uma alegre e colorida Ribbon Road, ou em uma suculenta e lunática Cheese Land. Também contávamos com locais únicos como a enevoada Sky Garden e a desértica ao pôr do sol Sunset Wilds. Destaque para reformulações de cenários que caíram aqui como uma luva e deram mais novidades a elas, as pistas Shy Guy Beach e Riverside Park faziam parte desta seleção.
Sky Garden, Cheese Land, Ribbon Road e Shy Guy Beach eram só diversão!
Os pilotos também estavam bem distribuídos, e contavam com três classes: os peso-leves, Yoshi, Peach e Toad; peso-médios, Luigi e Mario; e os peso-pesados, Bowser, Donkey Kong e Wario. Cada uma dessas classes revelava atributos que iam desde o melhor tempo de aceleração até a maior velocidade.

Possibilidades mil

Chuvas adicionavam novas estratégias.
E são várias as novidades que tivemos com este jogo, entre elas estava o cavalo de pau, uma técnica que permitia derrapar para atravessar com velocidade aquelas curvas mais fechadas. E claro, não podíamos nos esquecer do “Casco Espinhudo” (Spiny Shell): aqui ele tinha uma peculiaridade: além de sua cor um pouco mais escura do que a apresentada em Mario Kart 64, ele podia ser evitado de algumas formas mais simples do que apenas tendo a sorte de se pegar uma estrela, como ao se passar em rampas, precipícios e perto de paredes. Que bom, não é? Agora só com Mario Kart 8 que teremos mais um reforço contra este chato casco azul.

Aquela sensação de diversão agora poderia ser sentida em qualquer lugar, no ponto de ônibus, na escola, numa viagem, as possibilidades eram muitas! E ainda queríamos mais. O acontecimento mágico foi ver, pela primeira vez, ao pressionarmos o botão L e R juntos, as pistas retrôs de cada copa, todas esperando para serem novamente vencidas. Mal sabíamos que este "episódio secreto" estaria presente nas futuras versões dos jogos da série, com exceção de Mario Kart: Double Dash (GC).
A beleza exuberante do pôr do sol em Sunset Wilds trazia um fator nostalgia latente!

Conectados venceremos!

Correr no gelo é só para os fortes!
Uma das maiores inovações em Mario Kart: Super Circuit estava no seu multiplayer via Cabo Game Link. Com ele, dois a quatro jogadores poderiam competir em disputas variadas, com todo o toque de humor Mario Kart de ser. Ficamos pensando se seria viável, nesta onda de Virtual Console de jogos do GBA para o Wii U, a possibilidade de jogar um multiplayer online nestas pistas clássicas!

Trazendo os mesmos elementos, e até adicionando novos da franquia, Super Circuit foi um ícone de sucesso no portátil 32-bit da Nintendo, e um dos primeiros jogos do GBA. A cargo da Intelligent Systems, a mesma divisão da Nintendo que cuida de Fire Emblem e Wario Ware, Super Circuit merece ser jogado e estar na coleção de todos que adoram esta série. E você, leitor, lembra-se desta pérola? Que momentos passou e quais os mais divertidos? Conte-nos nos comentários abaixo.


Revisão: Vitor Tibério
Capa: Sybellyus Paiva

Jaime Ninice é cravista, formado pela UFRJ, e mestre em música na mesma instituição. Sua paixão por games, eventos e revistas o levou a escrever e revisar artigos desde 2010 no @Blast. Hoje é redator das publicações impressas sobre retrogames WarpZone.me


Disqus
Facebook
Google