Entrevista

BGS 2023: Pilar Pueblita, representante da Nintendo, fala sobre presença da Big N no Brasil

Confira a conversa da gerente de relações públicas da empresa para a América Latina com a equipe do Nintendo Blast.


Durante a Brasil Game Show 2023, tivemos a oportunidade de encontrar novamente Pilar Puebilta, gerente de relações públicas da Nintendo para a América Latina. Em uma conversa com a nossa equipe, a representante da Big N comentou sobre as ações da empresa no Brasil e algumas das demandas dos fãs brasileiros.


Confira a entrevista completa abaixo.

Nintendo Blast: Como você está? Faz tempo que não nos vemos!

Pilar Pueblita: Bem! Muito animada em estar no Brasil de novo! A última vez em que estive no Brasil foi exatamente para a Brasil Game Show em outubro de 2022. Eu acho que outubros são "meses brasileiros" para mim. Vir da região de Seattle é uma longa viagem, mas estou muito empolgada em estar aqui com todos. Eu amo a Brasil Game Show.

Nintendo Blast: Nós adoramos que vocês vêm aqui todos os anos!

Pilar Pueblita: Você gostou do estande?

Nintendo Blast: Sim! Na verdade, eu ia lhe perguntar sobre o estande. Ele é bem maior que o estande do ano passado, certo?

Pilar Pueblita: Ele parece maior, mas em termos de área, é exatamente igual ao que tivemos no ano passado. Nós brincamos mais com o design do espaço, na estrutura. Então, parece maior, mas é exatamente o mesmo tamanho.

Mas nós temos mais sistemas no pavilhão. Agora temos mais de 90 sistemas disponíveis para jogar games da Nintendo.

Nintendo Blast: Faz três anos consecutivos que a Nintendo vem à Brasil Game Show com um estande público para que as pessoas possam jogar os games. Qual é o papel que a BGS tem na estratégia e na presença da empresa na América Latina?

Pilar Pueblita: Definitivamente a BGS é uma importante parceira para nós. Consideramos a Brasil Game Show como a festa dos videogames no Brasil e uma maneira de estar perto dos consumidores locais. Achamos que estar aqui é uma boa maneira [de nos aproximar das pessoas].

Nós vimos não só muitos fãs da Nintendo, mas também muitas famílias com crianças pequenas vindo para jogar os jogos. Não só os games da Nintendo, mas de outras marcas também.

Mas amamos o tipo de fãs que temos aqui no estande da Nintendo. Amamos as famílias e os fãs apaixonados. Consideramos a BGS essa festa dos videogames e essa é definitivamente a razão pela qual nós tivemos que estar aqui.



Nintendo Blast: Uma coisa que notamos ano após ano aqui na BGS é que algumas empresas vêm e vão. Às vezes elas têm um estande público. Às vezes não. Neste ano, a Nintendo é a única grande fabricante de consoles presente no evento. Você acha que isso sinaliza que a Nintendo possui uma relevância maior na América Latina em relação a anos anteriores?

Pilar Pueblita: Eu não sei o que está acontecendo com outras empresas. Essa é uma questão para elas responderem a partir de sua perspectiva. Como mencionei, a Brasil Game Show é uma parceira da Nintendo para que estejamos em contato com os consumidores do Brasil.

Nós estamos na Brasil Game Show desde 2019. Claro que, durante a pandemia, não pudemos ter esse nível de evento com essa quantidade de pessoas. Voltamos em 2022. Estamos aqui em 2023. E é um jeito de estar perto dos consumidores.

Mas não é o único jeito, isso é importante de falar. Sim, essa é uma grande festa e estamos aqui e estamos em contato com os consumidores do Brasil, mas não é a única forma. Na verdade, agora no Shopping Eldorado temos o Nintendo Switch Shopping Tour.

É uma área que famílias e crianças podem visitar para jogar games da Nintendo. Jogos do Mario, em particular. Temos diferentes atividades nas lojas também.

Então a BGS não é a única forma em que estamos próximos dos consumidores. Mas definitivamente é uma forma importante. E essa é a razão do porquê estamos aqui.

Nintendo Blast: Nós íamos comentar sobre o Shopping Tour que está acontecendo no Shopping Eldorado.

Pilar Pueblita: Sim! Nós começamos na semana passada. E fiquem ligados em nossos perfis nas redes sociais, pois a ideia é estarmos em diferentes shoppings de São Paulo e do Rio de Janeiro até janeiro de 2024. Nós anunciaremos quais shoppings receberão o evento em nossas redes sociais para o Brasil assim que pudermos.

Nintendo Blast: Haverá uma rotação mensal, como foi no ano passado?

Pilar Pueblita: Sim, a cada três ou quatro semanas, dependendo do calendário e da disponibilidade, vamos mudar de shoppings. Mas a ideia é, da semana passada até janeiro, termos presença permanente em diferentes shoppings em São Paulo e, na semana que vem, começaremos no Rio de Janeiro.



Nintendo Blast: Aproveitando o gancho com o Shopping Tour, gostaríamos de perguntar sobre Super Mario Bros. Wonder. Dado que o jogo está localizado em português brasileiro, terá lançamento físico e está aqui no evento, você diria que esse é o maior lançamento que a Nintendo já fez no Brasil?

Pilar Pueblita: Tivemos [na BGS] alguns produtos que ainda não haviam sido lançados no passado. Lembro que em 2019, tivemos Luigi's Mansion 3. Aquela foi a primeira vez que esse jogo estava na América Latina, no Brasil, antes do lançamento.

No ano passado, particularmente, tivemos uma parceria com a Ubisoft. Tivemos Mario + Rabbids Sparks of Hope antes do lançamento.

Agora temos Super Mario Bros. Wonder. Eu diria que definitivamente é um dos títulos mais importantes para esse período de lançamento porque, claro, é um jogo que ainda não foi lançado e os consumidores podem jogar o game antes de seu lançamento. 

Na verdade, eles estão jogando a mesma demonstração que a Nintendo disponibilizou no Nintendo Live há algumas semanas em Seattle. É exatamente a mesma demonstração e os consumidores podem jogá-la aqui na Brasil Game Show.

Mas esse não é o lançamento mais importante. Eu diria que é a prioridade para esse ano porque é um jogo não lançado e é definitivamente um dos maiores títulos que está chegando para o período de fim de ano.

Nintendo Blast: Podemos esperar, uma vez o jogo tendo sido lançado, que ele estará presente em outros eventos, como o Shopping Tour?

Pilar Pueblita: Assim que confirmarmos as datas com os diferentes shoppings, sim, planejamos que, após o lançamento do jogo, os consumidores poderão jogá-lo no Shopping Tour.

Nintendo Blast: Você comentou sobre o Nintendo Live em Seattle. É um pouco improvável agora, mas seria muito audaz sonhar com um tipo de evento como esse no Brasil ou na América Latina?

Pilar Pueblita: Eu não tenho informações sobre isso.

Nintendo Blast: A Nintendo teve um aumento em jogos localizados em português nos últimos anos. O time que toma conta desse tipo de localização aumentou ou recebeu mais foco na empresa durante esse período?

Pilar Pueblita: O que posso lhe dizer é que a Nintendo tem uma estratégia para aumentar e expandir a quantidade de jogos localizados em português brasileiro. Um exemplo que posso lhe dizer é que neste estande temos cinco títulos desenvolvidos e distribuídos pela Nintendo localizados em português brasileiro disponíveis para jogar.

Um deles é o recente F-ZERO 99, disponível para integrantes do Nintendo Switch Online. Ele está localizado em português brasileiro e está aqui na Brasil Game Show, disponível para jogar. Super Mario Bros. Wonder é outro exemplo dos jogos localizados que estão aqui.

Então, no momento, nós temos oito jogos totalmente localizados em português brasileiro e no mais recente Nintendo Direct, anunciamos que Princess Peach: Showtime! também estará disponível em português brasileiro.

Uma informação importante é que Super Mario Bros. Wonder é o primeiro jogo da série Super Mario localizado em português brasileiro. Uma criança no Brasil poderá jogar um game do Mario em seu idioma e isso é gigantesco para nós. Isso é uma ótima notícia para a comunidade e os fãs brasileiros.

Há uma estratégia. Há planos para aumentar [a quantidade de jogos localizados]. Por ora, a única coisa que posso lhes dizer que temos nove jogos em português brasileiro, incluindo Princess Peach: Showtime!

Nintendo Blast: Sobre localização, você disse que a Nintendo possui um plano. Na internet, os fãs normalmente falam que os jogos localizados não têm muito texto. Você poderia comentar sobre isso e sobre a estratégia dos jogos que recebem localização?

Pilar Pueblita: A estratégia, não posso comentar. A única coisa que posso dizer é que o time está trabalhando para expandir o catálogo de jogos em português.

Nintendo Blast: Falando sobre jogos físicos, nós temos um catálogo de jogos a serem lançados até novembro. Todos esses jogos chegarão em formato físico.

Pilar Pueblita: Nós vamos anunciar quando os próximos títulos serão lançados fisicamente no Brasil. O que posso lhe dizer é que o time está trabalhando para que todos os próximos títulos de Nintendo Switch estejam disponíveis no país apenas alguns dias após seu lançamento.

No entanto, uma das coisas que gostaria de dizer – pois isso é algo de que recebi confirmação alguns dias atrás – é que Super Mario Bros. Wonder, que será lançado em 20 de outubro, estará disponível em algumas lojas selecionadas aqui no Brasil, no formato físico, no dia do lançamento.

Convido que as pessoas fiquem ligadas às suas diferentes lojas locais, pois elas anunciarão quando o jogo estará disponível. Nos próximos dias e semanas, mas lojas terão o game. Mas algumas delas terão a versão física no primeiro dia de lançamento. 

Nintendo Blast: Você falou sobre os planos de trazer os próximos jogos fisicamente ao Brasil. Isso inclui os jogos anunciados para 2024?

Pilar Pueblita: Sim, mas não posso confirmar se eles estarão disponíveis no primeiro dia de lançamento. O que posso confirmar é que o time estará trabalhando para trazer as versões físicas desses jogos alguns dias, talvez semanas, após o lançamento. Mas todos eles também estarão disponíveis no Brasil pela eShop.


Nintendo Blast: Falando sobre hardware, a Nintendo anunciou diferentes bundles do Nintendo Switch para o Brasil.

Pilar Pueblita: Sim, eles já estão disponíveis!

Nintendo Blast: O que motivou o lançamento desses produtos no país?

Pilar Pueblita: Queremos aumentar as opções que fãs da Nintendo e consumidores têm ao escolher um sistema. O objetivo principal é você, como consumidor, ter diferentes opções no momento de adquirir um novo sistema.

Hoje você pode comprar um Nintendo Switch regular, com os lindos Joy-Con vermelho e azul neon. Mas você também pode comprar um Nintendo Switch – Modelo OLED. Ou se você gosta mais do Modo Portátil, há o Nintendo Switch Lite em diferentes cores disponíveis no país.

Se você quiser uma edição especial, temos a de The Legend of Zelda: Tears of the Kingdom, ou agora a vermelha de Mario. O que está acontecendo aqui é o aumento de opções para consumidores. Agora você tem a oportunidade de escolher entre diferentes versões do sistema Nintendo Switch para comprar. Isso é o que está acontecendo: queremos aumentar as opções para os consumidores.

Nintendo Blast: Há planos para trazer outros produtos físicos da Nintendo?

Pilar Pueblita: Não tenho nada a dizer por enquanto.

Nintendo Blast: No estande, nós temos, pelo segundo ano consecutivo, uma ativação do My Nintendo.

Pilar Pueblita: Sim! É bem empolgante! A ideia é ter algumas recompensas físicas para os consumidores brasileiros que tiverem uma Conta Nintendo. As pessoas podem escanear seu Código QR e receber uma recompensa física que temos aqui. Estamos distribuindo figuras de acrílico de Super Mario Bros. Wonder.

Um detalhe especial é que essa é a mesma recompensa do My Nintendo que a Nintendo distribuiu no Nintendo Live há algumas semanas em Seattle. Estamos empolgados com isso! 

Nintendo Blast: Agora pensando na Nintendo do futuro. Quando chegar o momento de novos sistemas e jogos para esses hardwares serem lançados, podemos esperar que a Nintendo manterá sua presença no Brasil assim como está fazendo agora com o Nintendo Switch?

Pilar Pueblita: Não tenho comentários relacionados a hardwares futuros. Estamos focando agora no Nintendo Switch. Com a biblioteca de jogos que temos para o restante do ano para o Nintendo Switch, temos jogos para todos os tipos de jogadores.

Eu quero focar mais no Nintendo Switch e todas as opções que a biblioteca do sistema tem hoje aqui no Brasil. Eu te digo: mais de oito títulos disponíveis em português brasileiro, 23 jogos disponíveis em versão física, todo o catálogo disponível na Nintendo eShop. É no que quero focar hoje. Falar sobre a biblioteca rica que o Nintendo Switch tem no Brasil.

Nintendo Blast: A última pergunta é um pouco mais pessoal. Normalmente o estande da Nintendo na BGS possui recursos de acessibilidade, como estações de jogo para pessoas em cadeiras de rodas e intérpretes de LIBRAS. Gostaria de saber a importância que a Nintendo coloca em acessibilidade em seus jogos e produtos. 

Pilar Pueblita: É a mesma ideia de aumentar as opções para todos. Os controles do Nintendo Switch se adaptam para qualquer necessidade. Ter uma área especial para qualquer necessidade é uma forma de aumentar as opções para todos porque, no Nintendo Switch, todos podem achar um jogo e todos podem jogar.

Nintendo Blast: Há algo que você gostaria de adicionar?

Pilar Pueblita: Só gostaria de agradecer pelo tempo, pelo interesse e pela paixão de todos os fãs pelos jogos e produtos da Nintendo!

Nintendo Blast: Obrigado!




Fotos: João Pedro Boaventura

Jornalista, analista de mídias, PcD e entusiasta de games desde que jogou Pokémon Azul no Game Boy Color nos anos 90. De lá para cá, tenta aproveitar ao máximo todos os consoles no pouco tempo que a vida adulta permite. Se não está escrevendo para o Blast ou demorando anos para zerar um jogo, está no Twitter (@DanielMorbi) e no Instagram (@danielmorbi_)
Este texto não representa a opinião do Nintendo Blast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google