Top 10

Top 10 - Minigames da Série Zelda

Diante de diversas jornadas exaustivas, o herói Link sempre precisou de momentos de descanso, a fim de se sentir mais tranquilo e preparado ... (por Gustavo Rocha em 20/01/2013, via Nintendo Blast)

Diante de diversas jornadas exaustivas, o herói Link sempre precisou de momentos de descanso, a fim de se sentir mais tranquilo e preparado para enfrentar seus próximos desafios. E não, em nenhum desses momentos a senhorita Zelda esteve presente. Na verdade, na maioria das vezes Link aproveitou estes instantes sozinho e, sendo obrigatórios ou não para a conclusão de sua viagem, os famosos minigames sempre estiveram junto ao loiro - e ao jogador – nas horas de descontração. O mais legal é que cada jogo da série fornecia sempre novos minigames, tornando a listagem de todas algo absurdo! Confira então nosso Top 10 dos minigames mais marcantes!


10 – Iza’s Rapid Ride (Twilight Princess)


Pelo custo de 20 rupees, Link deveria seguir a assistente da cabeluda Iza em uma rápida e frenética descida pelo Lake Hylia, a fim de atirar umas Bomb Arrows para acertar potes de cores diferentes.
Nunca desci um rio de canoa, mas jogar o minigame da Iza em Zelda Twilight Princess na época foi responsável por me deixar com vontade de aprender canoagem. A vontade tinha passado, mas ao escrever isso confesso que ela voltou.

9 – 15 Second Game (A Link to the Past)


Labirintos sempre foram intrigantes e divertidos, mas encontrar um em que seu objetivo é chegar ao final em até 15 segundos torna as coisas um pouco mais complicadas. Aliás, diria que muito mais desafiante. E era assim que funcionava o 15 Second Game, que como o próprio nome sugere, fazia com que seu objetivo fosse ser extremamente rápido, ou então ficaria sem aquele precioso pedaço de coração.
Claro que os conhecedores da tática do item Magic Mirror se deram muito bem, certo?

8 – Clean Cut (Skyward Sword)


Uma das coisas mais legais de Zelda Skyward Sword é sacudir o braço e tentar fatiar tudo o que aparece na sua frente (no jogo). O minigame Clean Cut é ótimo, pois concentra toda essa nossa energia em um único intuito: o de fatiar bambus o máximo de vezes possível.
Os itens conseguidos são muito legais, e da pra ficar horas tentando conseguir quebrar um recorde.

7 – Boss Chalenge (Ocarina of Time 3D)


Na versão clássica de Ocarina of Time, matar um chefe era sinônimo de chegar próximo ao final do jogo e pensar “nossa, queria matar aquele chefe muito louco de novo”.

O Boss Chalenge do remake 3D nos oferece a oportunidade de enfrentar qualquer um dos chefes abatidos, a qualquer hora e quantas vezes quisermos! E fala sério, por mais que a dificuldade dos chefes não seja tão absurda, acabar com eles é sempre uma experiência emocionante!


6 – Goron Race (Majora’s Mask)


Provavelmente a parte mais legal de se transformar em Goron no Majora’s Mask era poder se tornar uma esfera e sair rolando em volta do Termina Field. E algo que tornou essa experiência ainda mais atrativa foi a Goron Race, liberada após a queda do chefe Goht, e que permitia a Link/ Darmani apostar corridas com outros Gorons malucos por pedra.
Rápido, frenético e destrutivo podem ser consideradas características desse ótimo minigame!

5 – Super Cucco Finding Game (Ocarina of Time)


Depois de descobrir a existência do saboroso Lon Lon Milk, Link precisava descobrir uma forma de experimentá-lo. Oras, mas o que o suposto pai do Mario estaria esperando para presentear o heroi com um pote do leite?
Claro, que ele pagasse 10 Rupees e saísse correndo atrás de algumas galinhas com movimentos perturbados. Na verdade, Link tinha que achar os Super Cuccos, em meio a vários Cuccos normais. Isso em 30 segundos, ou teria então que pagar novamente e tentar de novo, ou ficar sem o leite. Fazer isso era muito divertido, e dava um aperto no coração quando o tempo estava acabando e os Super Cuccos continuavam sumidos.

4 – Bombchu Bowling Alley (Ocarina of Time)

Em Ocarina era sempre legal calcular o tempo e distância para destruir coisas usando as Bombchus. Com a descoberta do minigame no mercado da cidade, a ideia era ficar tentando explodir as paredes através dos buracos. Dependendo da sua sorte, o item de prêmio para quem chegava ao final poderia ser um Heart Piece.
Era um jogo rápido e descontraído, e já valia a pena participar só para ver a expressão da balconista dorminhoca.

3 – Shooting Galeries (A Link to the Past, Ocarina of Time, Majora’s Mask, Oracle of Ages, Four Swords Adventures, Phantom Hourglass)

Atirar em coisas com o estilingue, arco e flechas, ou até mesmo um lança sementes sempre foram experiências marcantes, justamente pela simplicidade desses minigames. A única necessidade nesses jogos era ser bom de mira para ganhar os brindes no tempo hábil.
Uma menção honrosa à Shooting Gallerie de Hyrule Castle Town, onde o estilingue se fez mais útil. O tempo que fiquei tentando mirar com a borracha da arma foi descomunal, mas o resultado foi pra lá de legal!

2 – Money Make Game (The Legend of Zelda)

Definitivamente, apesar de ser simples e descontraído, esse não é um dos minigames mais divertidos da série. Link tinha que apenas escolher um dos três Rupees, na tentativa de ganhar um prêmio. Mas então o que diabos ele está fazendo na segunda posição deste Top 10?

Oras, o Money Make Game foi o primeiro de todos os minigames da série Zelda. Ele foi a base para todos os outros que vieram a seguir, e por isso deve ser lembrado. Agora imagine Zelda sem minigames. Imaginou? Seria assim se esse joguinho não tivesse existido, e provavelmente a série não passaria de algo mais voltado ao lado convencional dos games.

1 – Pescaria (Link’s Awakening, Ocarina of Time, Twilight Princess, Phantom Hourglass)


Quem nunca tocou a Serenade of Water apenas para pescar em Lake Hylia? A pescaria estabeleceu um dos momentos mais relaxantes da série Zelda, além de ser muito divertido tentar capturar o maior dos peixes. No N64, com a ajuda do Rumble Pak, pescar ficava ainda mais interessante, pois era possível sentir o tremor das fisgadas dos peixes.
Provável que este seja o minigame mais imersivo da série, e há quem diga que nenhum outro jogo de pescaria supere o clássico de Zelda. Inesquecível!

E então, em qual minigame você já fez questão de passar horas jogando? Algum preferido? Comente!
Revisão: Leandro Fernandes 

Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


  1. Iza’s Rapid Ride (Twilight Princess) é o meu favorito. :D

    ResponderExcluir
  2. Aquele desafio de hyrule castle town de spirit tracks de matar bichos e os chefes a cada saída, pra mim foi o melhor, joguei várias vezes, mesmo depois de terminar o jogo.

    ResponderExcluir
  3. nossa goron race *-----* era foda demais...enfim ja desconfiava quem seria o 1° antes de ver o post,e acertei...pra mim o melhor sempre sera o Shooting Galeries =D

    ResponderExcluir

Disqus
Facebook
Google