Perfil

Roark, o líder de ginásio duro como pedra

Conheça um pouco mais sobre o primeiro líder de ginásio da região de Sinnoh e sua paixão por fósseis.


Os remakes da quarta geração de Pokémon chegam esse ano para o Nintendo Switch e para termos uma imersão completa na região de Sinnoh, primeiro, precisamos conhecer as personagens que fazem parte da história e que também são importantes para a construção do jogo em si.

Sendo assim, nada melhor do que começar com o primeiro líder de ginásio dessa região, Roark, especialista em Pokémon do tipo ROCK e fanático por fósseis. Inclusive, mais adiante, você verá que seu amor e paixão por esses Pokémon é herança de família.

Curioso para saber mais sobre ele? Então pegue seu Nintendo DS, senta no sofá e boa leitura!

Água mole, pedra dura

O termo Roark é a junção de duas palavras através de uma característica muito marcante na franquia, o chamado “Play On Words”, ou jogo de palavras aqui no Brasil. Veja: Rock (Rocha) e Ore (Minério), que quando combinadas emitem tanto o som da primeira quanto da segunda. Como dissemos acima, sua especialidade é o tipo ROCK e é o terceiro líder da franquia com este tipo como primeiro grande desafio dos treinadores, ao lado de Brock (Kanto) e Roxanne (Hoenn).

Enquanto não está exercendo seu papel como líder de ginásio, Roark também comanda o maior depósito de minérios de Sinnoh, a Oreburgh Mine, além de ser também o responsável pelas escavações de fósseis. Assim que retirados da mina, são levados para o Museu da cidade Oreburgh, outra palavra montada a partir de duas, no caso, Ore (assim como o nome do líder) e Burgh, que significa burgo, um tipo de estrutura muito comum na idade média e que simbolizava a cidade mercantil dos anos 1500. Viu? Até um pouco de história se aprende jogando Pokémon.


Aos desafiantes que o derrotam, a insígnia carvão (Coal Badge) é concedida, juntamente com o TM.76 - Stealth Rock, um dos principais golpes do cenário competitivo no formato Single Battle. Isso porque este golpe aplica dano no adversário a cada troca efetuada com base em sua fraqueza para o tipo ROCK

Ou seja, um Steelix, dos tipos GROUND/STEEL recebe pouquíssimo dano, já que possui resistência quádrupla. Agora, em cenários mais extremos, um Charizard, dos tipos FIRE/FLYING recebe metade de seu HP máximo cada vez que entra em batalha.

Tanto bate até que fura

Quem vê Roark hoje como um dos líderes mais respeitados de Sinnoh não imagina o que veio antes disso. Pegando uma carona com Dialga, temos que voltar no tempo para entender o que levou um menino doce da cidade de Oreburgh a se tornar um líder.

Seu pai, Byron, era o líder em exercício e um certo dia, recebeu um chamado da liga Pokémon de Sinnoh, informando que o ginásio da cidade de Canalave estava vago e que precisava de um novo líder. Sendo assim, Byron transferiu-se para lá, podendo inclusive fazer o que mais gostava: cavar fósseis na Iron Island, local onde diversos treinadores aprimoram suas habilidades de batalha.


Isso deixou Roark muito chateado, causando um grande atrito na família, pois o mesmo estava indignado com a postura do pai ao deixar ele e sua mãe. Para Roark, é como se Byron não se importasse com sua família. 

No anime, durante o reencontro de pai e filho, Byron exibe um fóssil de Sunkern escavado por Roark quando ele ainda era um menino. O valor sentimental do artefato é tão grande, que o líder de Oreburgh percebe que o líder de Canalave realmente se importa com a família e que nunca deixou de pensar neles. Que emoção!


Mas não pense que tudo são flores como um Sunkern. Antes de assumir o cargo de líder de ginásio na cidade de Oreburgh, outra pessoa foi indicada para tal: Riley, um personagem misterioso da série, que carrega consigo o icônico Lucario. O convite, no entanto, foi recusado, pois Riley disse a Byron que Roark deveria ter essa oportunidade primeiro.

Roark e seus comandados

Ainda que sua equipe seja composta apenas por Pokémon em suas formas iniciais, a grande dor de cabeça (piada intencional aqui) ao enfrentá-lo é seu principal Pokémon: Cranidos, um dos fósseis da região de Sinnoh. E se você acha que no jogo é fácil vencê-lo por conta disso, está enganado. Equipes despreparadas são demolidas com facilidade, mesmo o dinossauro de pedra não sabendo nenhum golpe do seu próprio tipo. Veja a seguir o time de Roark e suas ferramentas:


Esta equipe simboliza tudo o que o tipo ROCK tem de melhor, ou seja, a defesa física elevada, ataques físicos relativamente altos e pouca agilidade. Embora esse seja um padrão para Pokémon desse tipo, Cranidos é a exceção, contando ainda com o golpe Headbutt, capaz de causar o efeito de Flinch no adversário, negando sua ação. Isso somado ao seu altíssimo Attack o transformam em um verdadeiro predador.

Na versão Platinum, há a possibilidade de batalharmos contra Roark no pós jogo na Survival Area. Agora, sua equipe conta com todos os Pokémon em sua forma final, além de figuras interessantes como Tyranitar e seu Pokémon assinatura, Rampardos.

O que esperar de Roark

Não sabemos ao certo como serão refeitas as batalhas do ponto de vista dos golpes que cada Pokémon possui. Na época, as versões Diamond/Pearl trouxeram novos recursos para os Pokémon do tipo ROCK, como os golpes Stealth Rock, Stone Edge, Head Smash e Rock Polish, concedendo um lugar ao sol para um tipo de Pokémon tão tradicional.

Quem sabe nas versões Brilliant Diamond/Shining Pearl (Switch) não teremos desafios um pouco maiores em relação às versões originais?

A Liga de Sinnoh

Referências: Bulbapedia
Revisão: Felipe Fina Franco

Fã de carteirinha dos monstrinhos de bolso desde os oito anos de idade, teve seu primeiro contato com a franquia no Game Boy Color e desde então, são mais de 20 anos de alegria. Fanático por vídeo-games, gostaria de poder jogar mais tempo do que trabalha.
Este texto não representa a opinião do Nintendo Blast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google