Perfil

De donzela em apuros a heroína telepata: Percorra a intergalática trajetória de Krystal, da equipe Star Fox

Cruzou o universo e vários planetas durante suas missões como a mais nova integrante da equipe de combate aerospacial mais conhecida da ... (por Anônimo em 22/09/2013, via Nintendo Blast)

Cruzou o universo e vários planetas durante suas missões como a mais nova integrante da equipe de combate aerospacial mais conhecida da Nintendo. Nasceu, na vida real, de um projeto reformulado e, na ficção, em 11 BLW (“antes da guerra Lylat”, de Star Fox 64), totalizando 21 anos e tendo um incerto futuro diante de tantas possibilidades diferentes abordadas em Star Fox: Command.
Conheça a corajosa, robusta e sensível Krystal, a raposa fêmea nativa do planeta Cerinia, que viajou além dos limites do Sistema Lylat e cruzou os caminhos de Fox McCloud e sua equipe de missões interstelares, a Star Fox, para salvar a galáxia juntos.
Atenção: este texto possui revelações sobre o enredo (spoilers) de toda a série Star Fox. Leia por sua conta e risco!

A vingança de Andross

A primeira vez que vemos Krystal na telinha se dá de forma inesperada: ao iniciar Star Fox Adventures no bom e velho GameCube, nos deparamos com uma raposa azulada que não lembra em nada o Fox que estamos acostumados a encontrar nesse tipo de jogo. Além disso, não conseguimos ver nenhuma Arwing para pilotar e muito menos inimigos para atirar ou bombas para coletar. O que está havendo?

De fato, a estreia de Krystal na série se deu pelo jogo mais diferenciado de todos. Adventures mudou o rumo tradicional do shooter espacial para um estilo de aventura, combate e exploração. Nesse contexto, Krystal é uma sobrevivente da destruição do planeta Cerinia, que causou a morte de seus pais, e procura respostas pelo incidente.

Em sua busca, ela adentra o Sistema Lylat seguindo o rastro de um chamado de socorro que aponta para o planeta Sauria, também conhecido como o Planeta dos Dinossauros, onde seus habitantes sofrem com a invasão do opressivo ditador General Scales e seu exército SharpClaw. Decidida a ajudar os pobres saurianos, Krystal começa a procurar os seis espíritos Krazoa que sustentam a harmonia e balanço do planeta. Sua busca rapidamente chega ao fim quando Andross a aprisiona dentro do palácio Krazoa, fazendo-a de fonte de energia vital para a ressureição do maldoso vilão.
Sem forças para escapar de sua prisão de cristal, Krystal se vê na urgente necessidade de socorro de um herói
O primeiro contato que Fox tem com a raposa é ao encontrar seu poderoso bastão mágico, ao ouvir as instruções telepatas deixadas nele por Krystal. E é Fox quem a salva das garras de Andross e põe fim aos planos malignos do gênio do mal mais uma vez, após recuperar todos os espíritos Krazoa e restaurar o balanço do planeta Sauria. Como agradecimento, Krystal comparece à Great Fox pessoalmente, e daí nasce uma duradoura relação.

Ataque dos Aparoids

Estimadamente um ano após os acontecimentos de Adventures, Krystal já se vê integrada como a mais nova membra da Star Fox, tomando o lugar de Peppy, que passa a ser o estrategista da equipe, e tornando-se a piloto telepata do grupo.
Sua primeira missão oficial, erradicar as sobras do exército venomiano de Andross, agora comandado pelo seu sobrinho Andrew Oikanny, é, entretanto, encerrada de maneira repentina quando figuras misteriosas conhecidas como Aparoids infectam e possuem o inimigo durante o ataque em Fortuna. É o início de uma nova guerra.

Em Star Fox: Assault, Krystal passa a ter um papel bem mais preponderante. Como telepata da equipe, ela pode pressentir o perigo antes dos outros colegas de equipe e avisá-los com antecedência. Além disso, é durante esse conflito que conhecemos Panther Caroso, o novo integrante da equipe rival Star Wolf, que tem uma profunda paixão pela raposa azul.

Apesar dos esforços de toda a equipe, entretanto, Fox e seus companheiros não conseguem evitar que Sauria, o planeta que Krystal se familiarizou e se arriscou a ajudar em Adventures, fosse infectado por essa ameaça, levando altos números de casualidades consigo. Sentindo-se apta para agir na defesa dos saurianos, Krystal toma posição de campo junto a Fox e combate os Aparoids em terra, enquanto Falco e Slippy defendem o espaço aéreo.
Fox e Krystal supostamente tem sua lua-de-mel durante a curta estadia no planeta Sauria, depois de sua recuperação

A ameça Anglar

Com os grandes danos sofridos ao planeta Corneria durante a invasão dos Aparoids e a consequente falta de ordem governamental, Peppy se vê na oportunidade de se eleger como o novo general do Exército de Corneria, no lugar de General Pepper. Fox, entretanto, tem uma preocupação cada vez maior com a segurança de Krystal, retirando-a de seu posto para o seu próprio bem. Confusa e decepcionada, ela deixa a equipe para trás e não é mais vista por algum tempo.
Krystal é afastada da equipe de pilotagem espacial contra a sua vontade devido às preocupações de Fox
A separação da equipe se deu em uma péssima hora, já que uma nova ameaça provinda dos oceanos radioativos de Venom surgia para dominar o sistema Lylat, o império Anglar.

Em sua busca para reunir a equipe e erradicar esse novo perigo, Fox se vê à procura de Krystal. Ela é encontrada no planeta Katina, mas, supreendentemente, lutando ao lado de Wolf O’Donnel e dos Star Wolf. Com as suplicas de Fox, Krystal retorna à equipe para ajudar os antigos colegas a enfrentar o perigoso Imperador Anglar.

Em Star Fox: Command, o destino de Krystal é traçado pela stylus do jogador, e os diferentes finais levam o futuro da personagem para diversos caminhos possíveis:
  • Em Fox and Krystal, um dos finais mais neutros e aceitos do jogo, Fox convence sua amada de que eles foram feitos um para o outro e ela volta à equipe com a adição de Amanda, a esposa de Slippy.
     
  • Em The Anglar Emperor, Krystal decide voltar à equipe segundo os pedidos de Fox, mas não aguenta a situação e volta para a equipe Star Wolf, deixando Fox sozinho.

  • Em Goodbye Fox, a equipe toma caminhos distintos depois da derrota do Imperador. Fox reencontra Krystal no planeta Sauria e ela o perdoa, casam-se e desta relação nasce o pequeno Marcus McCloud como filho e futuro líder da equipe Star Fox.

  • Em Star Wolf Returns, Fox não consegue convencer Krystal a voltar à equipe. Com a pressão de ser julgada como traidora pela população por ter se aliado à Star Wolf, Krystal torna-se uma caçadora de recompensas solitária pelo nome de Kursed. O seu caminho se cruza com o de Fox mais uma vez anos mais tarde, mas ele mal a reconhece.

Uma velha esperança

Apesar de conhecermos toda a história de Krystal como piloto da equipe Star Fox, na verdade sua origem data de muito antes, sob condições bem diferentes: em Dinosaur Planet, um jogo originalmente planejado para Nintendo 64 e desenvolvido pela Rare, Krystal tinha o papel de filha adotiva de um mago chamado Randorn e irmã adotiva de Sabre, o protagonista da história.
Em Dinosaur Planet, Krystal tinha um papel um tanto diferente, mas seu bastão mágico continua intacto
Durante o desenvolvimento deste jogo, em meados de 2000, Shigeru Miyamoto notou as similaridades das personagens com a da série de pilotagem Star Fox e sugeriu que a equipe reformulasse o jogo no meio de sua produção, adaptando-o ao universo de Fox McCloud na forma de um jogo de lineup inicial para o até então não lançado Nintendo GameCube. É daí que surge a já mencionada discrepância de Star Fox Adventures com os títulos anteriores da série.
Uma das primeiras versões do Palácio Krazoa, cenário que foi mantido em Adventures, ainda contando com a presença de Krystal

Surgindo de um conceito completamente diferente, passando por convidada inesperada, donzela em perigo, heroína espacial e terminando de várias formas possíveis de interpretação, a história da serena, mas determinada, Krystal é cheia de reviravoltas interessantes que valem a pena serem exploradas mais a fundo. Então, aproveite que ainda não temos uma nova aventura protagonizando a raposinha azul ao lado de Fox e seus colegas no Wii U ou no 3DS e mergulhe ainda mais em seu enredo!


Revisão: José Carlos Alves
Capa: Daniel Machado

Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.
Este texto não representa a opinião do Nintendo Blast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google