Top 10

12 RPGs relativamente curtos para aproveitar no Switch durante o Carnaval

Confira nossa lista com alguns RPGs que podem ser concluídos em poucas sessões de gameplay.

Para muitas pessoas, o Carnaval é sinônimo de festa e folia, enquanto para outras é um momento de descanso em meio à rotina agitada. Entretanto, para nós, aficionados por videogames, sempre ávidos por aproveitar qualquer oportunidade para mergulhar em novas aventuras, este feriado prolongado se apresenta como uma ocasião perfeita para aproveitar o mundo digital.

No vasto panorama de gêneros de jogos disponíveis, os RPGs se destacam por exigirem um comprometimento mais profundo dos jogadores, dada sua natureza longa e imersiva. Uma pausa prolongada durante uma jornada dessa espécie pode facilmente resultar na desconexão com o enredo e até mesmo na perda de interesse pelo game.

Com isso em mente, decidimos elaborar uma lista com 12 RPGs relativamente curtos para desfrutar no Nintendo Switch durante o Carnaval. Afinal, embora seja um momento de pausa muito bem-vindo, esse período não nos oferece tempo suficiente para concluir grandes epopeias como Dragon Quest XI, Persona 5 ou Xenoblade Chronicles 3.

Considerações iniciais

Antes de explorarmos a lista, é importante observar alguns pontos. Primeiramente, os jogos estão listados em ordem alfabética e foram selecionados com base em experiências pessoais. Dessa forma, posso assegurar que cada um deles possui uma campanha principal que pode ser concluída de forma orgânica em menos de 20 horas, sem pressa ou necessidade de omitir partes essenciais.

No entanto, embora apresentem uma duração principal mais enxuta, alguns desses títulos oferecem considerável conteúdo adicional e um ótimo fator replay, o que pode estender significativamente a experiência, dependendo do interesse do jogador. Além disso, recomendo a leitura completa da análise de cada representante para obter uma compreensão mais abrangente do que ele tem a oferecer. Feitas essas considerações, vamos à lista.

Atelier Marie Remake: The Alchemist of Salburg

Atelier Marie Remake: The Alchemist of Salburg é uma versão atualizada e irresistivelmente cativante do primeiro título da longa série focada em alquimia produzida pela Gust. Apesar de sua simplicidade, este é um RPG encantador, repleto de carisma e fofura, sendo uma excelente opção para quem busca uma aventura mais descomplicada e relaxante, além de ser uma porta de entrada ideal para aqueles que desejam iniciar no gênero.

Child of Light

Child of Light mescla com maestria elementos de RPG e plataforma para contar uma história apaixonante que evoca o encanto dos contos de fadas. Com visuais 2D deslumbrantes, uma trilha sonora memorável e diálogos poeticamente inteligentes, esta é uma experiência que todos os jogadores deveriam vivenciar, independentemente de seu nível de entusiasmo pelo gênero.

Cosmic Star Heroine

Cosmic Star Heroine é um título indie que se inspira nos clássicos RPGs 2D da era 16-bits, mas que traz consigo uma identidade única e marcante. Com um sistema de combate por turnos ágil e repleto de alternativas, aliado a um excelente ritmo narrativo, este é um jogo que merece maior reconhecimento e, sem dúvida, vale a pena ser conferido.

Dragon Quest Treasures

Ao contrário dos combates por turnos característicos da série principal, Dragon Quest Treasures oferece uma experiência de ação em tempo real, na qual os jogadores exploram ilhas em busca de tesouros que fazem referência às demais obras da franquia. Em Treasures, os adoráveis e carismáticos monstrinhos desempenham um papel crucial, auxiliando na exploração e nos combates.

Final Fantasy Pixel Remaster



Final Fantasy Pixel Remaster traz os seis primeiros jogos da franquia em versões atualizadas e com legendas em português. Nesse sentido, cada um dos quatro primeiros títulos pode ser tranquilamente concluído em menos de 20 horas. Contudo, é recomendável prestar um pouco mais de atenção ao conteúdo não obrigatório de Final Fantasy V e Final Fantasy VI, o que pode torná-los um pouco mais desafiadores de encaixar nessa meta, embora não impossíveis.

Golden Sun

Apesar de não ser um jogo nativo do Switch, Golden Sun recentemente ficou disponível no catálogo de Game Boy Advance com a assinatura adicional do Nintendo Switch Online e merece destaque por sua altíssima qualidade. Trata-se de um RPG por turnos excelente, no qual contamos com a ajuda de Djinns, criaturinhas que conferem poderes que nos auxiliam tanto no combate quanto na resolução de quebra-cabeças.

I Am Setsuna

Desenvolvido por um estúdio subsidiário da Square Enix (recentemente noticiado que será absorvido pela empresa), I Am Setsuna é fortemente inspirado nos clássicos desta gigante dos RPGs. Este título, com sua abordagem simples e atmosfera melancólica presente na história, cenários e trilha sonora, é uma ótima opção para aqueles que preferem uma narrativa mais linear.

Silent Hope

Desenvolvido pela Marvelous, Silent Hope é um RPG de ação isométrico extremamente agradável que traz consigo os elementos de crafting e produção presentes nos universos das séries Story of Seasons e Rune Factory. Neste game, os jogadores têm a liberdade de escolher entre sete personagens distintos, cada um com sua própria classe única e habilidades especiais.

Super Mario RPG

O remake de Super Mario RPG é visualmente incrível e possui uma trama muito bem-humorada. Com um sistema de combate simples, mas divertido, e trechos de plataforma que podem agradar aos fãs do bigodudo, este é outro jogo descontraído e possível de ser concluído em poucas sessões.

Trials of Mana

Outro remake de um clássico do Super Nintendo, Trials of Mana é um RPG de ação com um combate rico e incrivelmente dinâmico, além de possuir batalhas memoráveis contra chefes. Mesmo tendo bastante opções de classes e habilidades, o título não chega a ser complexo e é bastante convidativo a qualquer tipo de jogador.

Undertale

Undertale é um RPG indie extraordinário que desafia as convenções do gênero. Por trás de seus visuais simplistas, há um jogo que quebra paradigmas, oferecendo ao jogador a oportunidade de abordar os conflitos de diferentes maneiras, o que afeta diretamente o mundo, o comportamento dos personagens e os finais possíveis.

Ys Origin

Encerramos nossa lista com mais um RPG de ação extremamente ágil. Ys Origin é uma excelente porta de entrada para conhecer a extensa série desenvolvida pela Nihon Falcom. Nele, o jogador pode escolher entre dois personagens com jogabilidades bastante distintas. Há também uma “surpresa” para aqueles que completam a campanha, o que pode gerar o desejo de aproveitá-lo novamente.

Há diversas outras opções

Como mencionado, optei por preencher esta lista com jogos que pessoalmente completei em menos de 20 horas; no entanto, há muitos outros títulos que, segundo estimativas vistas no HowLongToBeat, poderiam se enquadrar nesse padrão de tempo ou ultrapassá-lo por muito pouco. A seguir, listamos alguns exemplos mais recentes que tiveram boa recepção aqui no Nintendo Blast:
E você? O que pretende fazer neste Carnaval? Conhece algum outro jogo que se encaixaria nessa lista? Compartilhe conosco nos comentários!

Revisão: Juliana Paiva Zapparoli

Escreve para o Nintendo Blast sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0. Você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.
Este texto não representa a opinião do Nintendo Blast. Somos uma comunidade de gamers aberta às visões e experiências de cada autor. Escrevemos sob a licença Creative Commons BY-SA 3.0 - você pode usar e compartilhar este conteúdo desde que credite o autor e veículo original.


Disqus
Facebook
Google